Masvidal coloca cinturão como meta primária, mas revela interesse em enfrentar irmãos Paul e Nick Diaz | SUPER LUTAS

Masvidal coloca cinturão como meta primária, mas revela interesse em enfrentar irmãos Paul e Nick Diaz

O veterano meio-médio teve recentemente duas oportunidades de conquistar o título, mas foi superado por Kamaru Usman em ambas

J. Masvidal (dir.) foi derrotado por K. Usman (esq.) no UFC 251. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos mais populares meio-médios (até 77 kg) da atualidade, Jorge Masvidal tem uma fila de lutadores interessados em enfrentá-lo. O veterano não entra em ação desde março deste ano, quando perdeu pela segunda vez consecutiva para o campeão Kamaru Usman.

Veja Também

Apesar das duas tentativas sem sucesso de conquistar o cinturão, Jorge Masvidal mantém o cinturão dos meio-médios como seu principal objetivo. Em entrevista à ESPN norte-americana, “Gamebred” falou sobre o que espera para o futuro.

“O cenário ideal é eu entrar no escritório e eles me falarem: ‘esse cara pode te deixar mais perto do título do que qualquer outro’. Então eu enfrentaria esse cara. Ainda mais se eles oferecerem um monte de dinheiro por isso. Esses caras são muito sentimentais, eu não dou a mínima para eles. Quero lutar pelo título novamente. O que for necessário para lutar pelo título, qualquer oponente, qualquer ameaça, qualquer desafio. Estou lá para isso”, afirmou Masvidal.

Apesar de ter o cinturão como objetivo primário, Jorge Masvidal está atento a outras possiblidades para o futuro. O meio-médio vê com bons olhos a possibilidade de seguir os passos de Ben Askren e Tyron Woodley e se aventurar em uma luta de boxe contra Jake ou Logan Paul.

“Eu vou bater em todos os Pauls. Se colocarem dinheiro no meu bolso, é claro que eu gostaria de quebrar a cara de alguns personagens da Disney. Venho enfrentando homens que treinam desde os 7, 8 anos para fazer a mesma coisa que eu quero fazer com eles. Enfrentar caras como os irmãos Paul é um bônus. O UFC teria que assinar, mas nada é impossível. Dana não gosta dos caras e sabe que eu os machucaria”, disse o lutador.

Outra possibilidade no radar de Masvidal é uma possível luta contra Nick Diaz, outro veterano muito popular no Ultimate, que retorna ao octógono no UFC 266, no dia 25 de setembro, contra Robbie Lawler.

“Se Nick Diaz se sair bem e fizer seu trabalho (no UFC 266), por que não eu e Nick? Eu amaria lutar contra o Nick. É uma luta clássica, uma luta que eu sempre quis fazer desde que eu estava no Strikeforce nos 70 kg, ele estava nos 77. Ele sempre foi um cara que eu quis enfrentar. Nada pessoal, apenas por causa do estilo e do jeito que ele deixa tudo no octógono. Se eu conseguir essa luta contra o Nick, seria uma benção”, finalizou Masvidal.

Podcast #31: SUPER LUTAS debate tudo que aconteceu no UFC 266

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments