BJ Penn questiona legado de Khabib Nurmagomedov por não ter se testado nos meio-médios | SUPER LUTAS

BJ Penn questiona legado de Khabib Nurmagomedov por não ter se testado nos meio-médios

O havaiano colocou em dúvida a capacidade do russo no jiu-jitsu e destacou a importância da arte suave em sua trajetória

B. Penn foi campeão dos leves e dos meio-médios no UFC (Foto: Instagram/BJ Penn)

A discussão sobre quem é o maior peso leve de todos os tempos no MMA movimentou a última semana. Após Khabib Nurmagomedov se declarar o maior da história na divisão, BJ Penn se manifestou a respeito do assunto, adicionou novos ingredientes ao debate, mas evitou se colocar no topo da lista.

Veja Também

Dias depois, novamente através das redes sociais, BJ Penn voltou a tocar no assunto. Desta vez com um discurso um pouco mais afiado. O havaiano, ex-campeão dos leves e dos meio-médios do UFC, questionou o fato de Khabib nunca ter se arriscado na divisão de cima e colocou em dúvida a confiança do russo no jiu-jitsu.

“Desde que Khabib começou a dizer que é o maior peso leve de todos os tempos e eu sou o segundo maior, muitas pessoas vêm me perguntando por que ele não enfrentou Usman pelo cinturão dos meio-médios ou competiu nos meio-médios como eu fiz várias vezes. Na minha humilde opinião, é porque ele não é proficiente e confiante no jiu-jitu. Eu acredito que a razão por trás de Khabib não enfrentar Usman é porque ele não sabe lutar jiu-jitsu como eu sabia e não se sente confortável lutando de costas no chão contra alguém maior e mais forte que ele, como eu fiz muitas vezes na minha carreira. Lutei nos 77, nos 84 e no peso pesado. Em todas as lutas eu tinha que ficar de costas no chão, sobreviver e voltar mais forte se eu quisesse vencer”, argumentou Penn.

BJ reforçou a importância do jiu-jitsu em possibilitar que lutadores menores possam enfrentar lutadores maiores e lembrou do episódio em que Khabib provocou a arte suave, afirmando que o Sambo seria uma arte marcial mais forte.

“É por causa da minha experiência como faixa preta de jiu-jitsu, lutando na minha divisão e no peso absoluto por anos que eu me preparei para isso. O jiu-jitsu sozinho não é suficiente para ser campeão do UFC, mas se fosse para escolher um estilo, é o maior sistema de defesa pessoal do mundo, especialmente para caras pequenos enfrentarem caras grandes. É parte do jogo. Khabib diz que jiu-jitsu é fácil e que ele é o melhor grappler de todos os tempos, mas ele não enfrentou oponentes maiores nas divisões de peso acima porque o estilo dele não é preparado para isso. Foi para isso que o jiu-jitsu foi criado, para os caras pequenos se defenderem dos caras grandes! Isso é arte marcial, isso é defesa pessoal”, finalizou BJ.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments