Sean O'Malley insinua que pode deixar o UFC após o fim do seu contrato | SUPER LUTAS

Sean O’Malley insinua que pode deixar o UFC após o fim do seu contrato

O norte-americano não escondeu que planeja permanecer na organização, mas, admitiu que planeja se testar no mercado em busca de uma valorização salarial

S. O’Malley vem de duas vitórias seguidas no UFC Foto: Instagram

Considerado uma das promessas maiores promessa do UFC, Sean O’Malley insinuou que o seu futuro pode ser fora da organização. O lutador peso galo (até 61,2kg) afirmou que planeja ficar no UFC, , mas que, ao término do seu contrato, quer ouvir outras propostas e se testar no mercado. A declaração foi dada em entrevista ao ‘MMA Fighting‘.

Veja Também

“Eu realmente planejo ficar no UFC. Eu acho que pertenço ao UFC. Mas se eu receber ofertas de duas vezes mais dinheiro para ir para outro lugar…. eu amo boxe, vamos ver onde isso vai. Como eu disse, eu amo o UFC, eles têm sido ótimos para mim. Eu acho que depois que esse contrato se encerrar, eles não vão ter problema em me pagar o que eu acho que mereço. Mas talvez nós estejamos em uma mentalidade completamente diferente. Eles podem não achar que eu mereço meio milhão ou qualquer que seja o número. Eu estive em cinco pay-per-views consecutivos”, afirmou o ‘Sugar’.

O norte-americano admitiu que poderia renovar nesse momento, mas, que prefere aguardar o fim do seu contrato para poder ouvir outras propostas.

“Eu poderia provavelmente renegociar um contrato agora com o UFC, mas aí, eu não receberia ofertas de outros lugares. Eu não estou necessariamente pensando em sair, não estou necessariamente pensando em ir para outros lugares, mas nós vamos ver quais outras oportunidades se apresentam”, finalizou o peso galo.

Embalado por duas vitórias consecutivas, Sean busca conseguir uma vaga no top-15 da divisão liderada por Aljamain Sterling. Em seus últimos cinco duelos, o combatente conquistou quatro resultados positivos. Aos 26 anos, o ‘Sugar’ possui um cartel de 14 triunfos e um revés.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator