Dana White afirma que vai se encontrar com Jon Jones, mas descarta ‘pressão’ por volta ao UFC

Mandatário do Ultimate e 'Bones' vivem relação conturbada e ainda há indefinição sobre futuro do atleta na organização

D. White (dir.) vive relação conturbada com J. Jones (esq.). Foto: Divulgação/Facebook

A data de estreia de Jon Jones na divisão dos pesados (até 120,2kg.) segue incerta. O norte-americano abdicou do cinturão meio-pesado (até 93kg.) em agosto de 2020, mas ainda se prepara para voltar a atuar. Enquanto isso, a relação com o presidente do Ultimate, Dana White, segue estremecida e pode ganhar um novo capítulo em breve.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em coletiva de imprensa pós-Contender Series, o ‘chefão’ foi questionado sobre o assunto e admitiu que vai se reunir com ‘Bones’, mas evitou pressioná-lo pelo debute na nova categoria.

“Eu devo me encontrar com ele por agora (no UFC 266), pois acho que sei onde ele está. Ele falou que vai lutar no próximo ano e eu não vou pressioná-lo por sua volta, se é isso que você está me pedindo”, decretou o cartola.

PUBLICIDADE:

A relação vivida entre Dana White e Jon Jones tem passado por inúmeras indiretas e brigas públicas. Isto porque o ‘Bones’ se sentiu prestigiado e relatou que se sente desprestigiado no UFC – tendo inclusive ameaçado uma aposentadoria. Logo em seguida, o mandatário acusou o atleta de fugir de um combate contra Francis Ngannou, pelo título dos pesados (até 120,2kg.) e, desde então, não há um acerto entre ambas as partes pelo retorno do norte-americano ao octógono.

Podcast #41: José Aldo de volta ao topo + Charles do Bronx e Amanda Nunes no UFC 269