Valentina Shevchenko destaca amor pelo esporte e diz que não pensa em aposentadoria

Campeã dos moscas, atleta afirmou que deseja 'lutar para sempre' e garante foco nas artes marciais; ela enfrenta Lauren Murphy no UFC 266

V. Shevchenko em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Para um lutador de alto nível, a motivação para seguir focado e no topo pode se tornar um problema. Porém, Valentina Shevchenko, tudo é diferente. Em entrevista coletiva à ‘ESPN’, a campeã dos moscas (até 56,7kg.) destacou seu amor pelas artes marciais mistas e ainda deseja seguir em atividade por muito tempo. Ela defende seu título contra Lauren Murphy no UFC 266 deste sábado (25).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Quanto tempo que, em média, os lutadores praticam artes marciais? Sete ou oito anos? Estou lutando há 28 anos e pratico artes marciais há mais tempo que eles têm de idade. É o meu foco e vou lutar o máximo que eu puder. Vou lutar para sempre, até mesmo depois dos 50 anos”, afirmou Shevchenko.

Antes mesmo de migrar às artes marciais mistas, Valentina já conseguiu se consagrar no Kickboxing e Muay Thai. Além disso, em sua família, a quirguiz também é irmã mais nova de Antonina Shevchenko, que compete na mesma divisão.

PUBLICIDADE:

Valentina Shevchenko segue em busca de ampliar seu legado no Ultimate e defende o cinturão contra Lauren Murphy no próximo sábado (25). Ela, até o instante, conta com cinco defesas de título e um cartel de 21 triunfos e três reveses.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS