Rodrigo Zé Colmeia recebe seis meses de suspensão após ser pego no antidoping

O peso pesado brasileiro foi multado em aproximadamente R$ 10 mil e teve a vitória sobre Alan Baudot anulada

R. Zé Colmeia foi suspenso após ser pego no exame antidoping. Foto: Reprodução/Instagram @zecolmeiia

Na última quarta-feira (22), a Comissão Atlética do Estado de Nevada anunciou a suspensão de três lutadores do UFC que tiveram resultados positivos nos exames antidoping. Entre eles está o peso pesado Rodrigo Zé Colmeia.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Zé Colmeia foi flagrado no exame antidoping pelo uso da substância ácido ritalínico após sua vitória sobre Alan Baudot, no dia 17 de julho. Além de ter a vitória anulada e transformada em No Contest (sem resultado), o brasileiro foi suspenso por seis meses e multado em US$ 1945,36 (aproximadamente R$ 10 mil).

Além de Zé Colmeia, outro peso pesado pego no exame antidoping foi Chris Barnett. O norte-americano recebeu quatro meses e meio de suspensão e uma multa de US$ 1036,80 (aproximadamente R$ 5,4 mil) após testar positivo para o uso de maconha na derrota para Ben Rothwell, em maio. Em junho a Comissão Atlética de Nevada anunciou que o uso de maconha não resultaria mais em punição aos lutadores, mas o caso de Barnett não se encaixa na nova regra, já que ele foi testado antes da mudança. Como a punição é retroativa, o atleta já poderá voltar a lutar a partir do dia 6 de outubro.

PUBLICIDADE:

O terceiro lutador pego no antidoping foi o veterano Daniel Pineda, que recebeu uma suspensão de nove meses e uma multa de US$ 2554,38 (aproximadamente R$ 13,5 mil) ao testar positivo para anfetamina na luta contra Andre Fili, em junho. Neste caso, a luta já havia sido declarada “sem resultado” por uma dedada no olho recebida por Pineda, que não conseguiu continuar no combate.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?