Absoluta no peso mosca, Shevchenko descarta possibilidade de tentar segundo cinturão nos palhas

Depois de novo show no UFC 266, campeã afirma que poderia se testar no grupo até 52,1kg., mas processo de perda de peso seria desgastante

V. Shevchenko derrotou L. Murphy no UFC 266. Foto: Reprodução/Instagram

Após um novo show com as luvas do Ultimate, Valentina Shevchenko segue imbatível na organização. Depois de atropelar Lauren Murphy no UFC 266, realizado neste sábado (25), em Las Vegas (EUA), e manter o cinturão dos moscas (até 56,7kg.), a campeã descartou a possibilidade de descer de divisão. Em coletiva após o show, a atleta explicou o motivo de não ter interesse em buscar o segundo cinturão no peso palha (até 52,1kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Isso significaria ‘passar fome’, não ter boa comida. Eu conseguiria (descer de categoria), mas eu não gostaria do processo. Eu encontrei minha melhor forma física nos 56,7kg.”, disse a atleta.

Neste fim de semana, Shevchenko provou mais uma vez o motivo pelo qual é considerada uma das melhores lutadoras de todos os tempos. Campeã dos moscas desde 2018, a quirguistanesa novamente fez valer o favoritismo e conquistou a sexta defesa de cinturão no grupo.

PUBLICIDADE:

Diante da experiente Lauren Murphy, Valentina não tomou conhecimento da antiga campeã do Invicta FC. Com uma atuação dominante, a atleta pouco foi tocada e levou o triunfo com um duro nocaute no quarto round.

Em grande momento na carreira, Shevchenko não sabe o que é perder desde 2017. Seu último tropeço aconteceu na luta contra Amanda Nunes, quando ainda atuava nos galos (até 61,2kg.).

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano