Próxima rival de Amanda Nunes, Julianna Peña pretende fazer a brasileira desistir no UFC 269

Confiante em destronar a atleta tupiniquim, a norte-americana contou como planeja fazer para sair vitoriosa no dia 11 de dezembro

J. Peña terá uma dura missão no UFC 269 Foto:Instagram

A desafiante ao cinturão peso galo (até 61,2kg) Julianna Peña mostrou confiança na dura missão que terá pela frente no UFC 269. Escalada para tentar destronar a campeã Amanda Nunes no evento programado para o dia 11 de dezembro, a norte-americana mostrou respeito pela brasileira, porém, afirmou que sonha em vencer o combate pela via rápida.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Meu trabalho é igualar a sua intensidade, mas ainda mais, fazê-la querer desistir, levá-la às águas profundas e finalizar a luta. Ela está lá em cima com a Ronda Rousey, com um reinado tão dominante, numa posição em que conseguiu manter seu cinturão por tanto tempo. Ela é certamente uma pioneira no esporte. Respeito todo o trabalho que ela fez. Só quero minha oportunidade de dizer que estou aqui também e não vou a lugar nenhum”, afirmou a desafiante em entrevista ao ‘Combate’.

Questionada se esperava que a brasileira sinta a pressão devido ao seu longo reinado, a norte-americana acredita que irá encontrar uma Amanda bastante intensa e levando o combate a sério.

PUBLICIDADE:

“Acho que ela tem muita pressão sobre ela, ela tem que parecer absolutamente espetacular e não pode ser nada menos que isso. Então sei que ela vai levar esta luta muito a sério, mais a sério que no passado, e acho que vai ser mais intensa que nunca”, finalizou Peña.

Número cinco do ranking dos galos, Julianna irá para o segundo combate na temporada 2021. Em janeiro desse ano, Peña venceu Sara McMann por finalização no UFC 257. A combatente possui um cartel de 10 triunfos e quatro reveses.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS