Anderson Silva lamenta prisão de ‘irmão mais novo’ Jon Jones: ‘é uma pessoa maravilhosa’

O ex-campeão dos meio-pesados foi preso na última sexta-feira (24), acusado de violência doméstica, lesão corporal e violação de veículo

Jones (dir.) e Anderson (esq.) têm boa relação. Foto: Reprodução/Instagram

A recente prisão de Jon Jones abalou Anderson Silva. O ex-campeão dos meio-pesados (até 93 kg) foi preso na manhã da última sexta-feira (24), em Las Vegas, um dia após entrar para o Hall da Fama do UFC pela primeira luta contra Alexander Gustafsson.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante participação no podcast The MMA Hour, do site norte-americano MMAFighting.com, Anderson Silva falou rapidamente sobre o ocorrido e lamentou a prisão de Jones, a quem considera “um irmão mais novo”.

“Não sei o que aconteceu com Jon Jones, mas fico triste porque sinto que ele é meu irmão mais novo. Digo isso ao meu empresário o tempo todo. Jon Jones não precisa disso. Ele é uma pessoa maravilhosa. Me sinto mal. É difícil para mim falar sobre Jon Jones, sabe?”, disse o Spider.

PUBLICIDADE:

Jon Jones foi preso em Las Vegas sob acusações de violência doméstica, lesão corporal e violação de veículo. O ex-campeão dos meio-pesados foi solto após pagar a fiança, com valor estipulado em US$ 8 mil, cerca de R$ 43 mil.

Considerado um dos maiores lutadores da história do Ultimate, Jon Jones era, até a última segunda-feira (27), o líder do ranking peso por peso da organização, mesmo sem lutar desde fevereiro de 2020. Na última atualização, o ex-campeão foi ultrapassado pelo campeão dos meio-médios (até 77 kg) Kamaru Usman.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?