Dana não descarta Cejudo contra Volkanovski, mas sugere injustiça sobre possível ‘furada de fila’

Presidente do Ultimate é cauteloso, no entanto, admite pensar na superluta que tiraria ‘Triplo C’ da aposentadoria

H. Cejudo (dir.) agradece a D. White (esq.) após anunciar aposentadoria, ainda no octógono. Foto: Reprodução/Twitter @HenryCejudo

Há meses, Henry Cejudo tem insistido que gostaria de tentar a sorte e buscar seu terceiro cinturão dentro do UFC. De olho em Alexander Volkanovski, campeão dos penas (até 65,7kg.), o sonho do antigo duplo campeão pode não estar tão distante, mas existem ressalvas. Em coletiva de imprensa após a última edição do ‘Contender Series’, o mandatário sugeriu uma possível injustiça, por eventual ‘furada de fila’, mas não descartou promover a superluta no futuro.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Escutem, ele (Cejudo) se aposentou. Você esteve fora todo esse tempo e, agora, quer voltar para enfrentar Volkanovski, furar a fila e ultrapassar Max (Holloway) e todos esses outros caras que estão lá? É uma negociação complicada”, admitiu White.

Embora soasse pessimista quanto à ideia, em um primeiro momento, o confronto não parece estar 100% descartado pelo ‘chefão’. Mesmo admitindo que há outros postulantes ao título à frente do ‘Triplo C’, Dana fez questão de não anular a possibilidade.

PUBLICIDADE:

“Vocês acham que eu faria isso? Tudo bem, vou levar em consideração”, encerrou.

Antigo campeão do Ultimate nos moscas (até 56,7kg.) e galos (até 61,2kg.), Cejudo não sobe no octógono desde maio de 2020. Na ocasião, o norte-americano enfrentou e bateu o icônico Dominick Cruz e, após a defesa de cinturão, anunciou, ainda no octógono, sua aposentadoria do MMA.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS