TJ Dillashaw não crê que Aljamain Sterling voltará a lutar após cirurgia no pescoço

Para o ex-campeão, o atual detentor do cinturão quer permanecer com o título enquanto puder, mas não deve voltar a lutar

T.Dillashaw (dir) não acredita que A. Sterling (esq) voltará a lutar. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Ex-campeão peso galo (até 61,2 kg) do UFC, TJ Dillashaw tem dúvidas de que Aljamain Sterling, atual detentor do cinturão da categoria, um dia volte a pisar no octógono após sua recente cirurgia no pescoço.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante participação no podcast The MMA Hour, do site norte-americano MMA Fighting, TJ Dillashaw revelou ao jornalista canadense Ariel Helwani que, se estivesse no lugar de Sterling, esperaria para realizar a cirurgia e que não crê no retorno do campeão.

“Eu nem sei se Aljo (Aljamain Sterling) voltará um dia para ser sincero. Fazer o que ele fez, é uma loucura. Se eu fosse ele, eu teria esperado. Meus treinadores, preparadores físicos e meu treinador de wrestling vendem o equipamento que ele usou no pescoço e não acredito que ele vai voltar”, afirmou Dillashaw.

PUBLICIDADE:

Após conquistar o cinturão de forma polêmica pela desclassificação do antigo campeão Petr Yan por um golpe ilegal, Aljamain Sterling passou por uma cirurgia no pescoço para corrigir um problema crônico que o assombra desde os tempos de faculdade. A recuperação do procedimento fez com que o campeão tivesse que deixar o card do UFC 267, no qual defenderia o título em revanche contra Yan.

De acordo com Dillashaw, que também se recupera de uma cirurgia após a vitória contra Cory Sandhagen, Sterling está apegado ao cinturão e tentando ficar com ele o máximo de tempo que conseguir.

PUBLICIDADE:

“Acho que ele só está ficando com o cinturão o máximo que ele pode. Já tive esse sentimento quando ele desistiu da luta, não fiquei surpreso. Aposto que ele está lidando com dano nos nervos e muitas coisas. Você torcer o pescoço como ele fez, definitivamente não é bom. Vamos ver. Posso estar totalmente enganado, mas não sei se ele volta a lutar”, finalizou o ex-campeão.

PUBLICIDADE:

Enquanto Sterling não retorna, Petr Yan e Cory Sandhagen se enfrentam pelo cinturão interino dos galos na luta co-principal do UFC 267, no dia 30 de outubro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?