Kamaru Usman coloca Colby Covington entre os 15 melhores meio-médios da história

Após vitória de Usman em 2019, os dois voltam a se enfrentar na luta principal do UFC 268, no dia 6 de novembro

K. Usman (esq.) e C. Covington (dir.) protagonizaram uma das melhores lutas de 2019. Foto: Reprodução/YouTube TheMacLife

Daqui a menos de um mês, no dia 6 de novembro, Kamaru Usman e Colby Covington protagonizam uma das revanches mais aguardadas dos últimos anos na luta principal do UFC 268. Após um primeiro duelo emocionante, com vitória do nigeriano por nocaute no quinto round, Covington pode não ter conquistado o cinturão dos meio-médios (até 77 kg) ou a simpatia do campeão, mas conquistou o respeito.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista à jornalista Helen Yee, Kamaru Usman falou sobre as habilidades do rival. Apesar de reforçar que não gosta de Covington como pessoa, o campeão colocou o norte-americano entre os 15 melhores meio-médios da história do MMA.

“Ele definitivamente está lá em cima. Não sou um ‘hater’, dou crédito quando merecem crédito. Provavelmente eu colocaria Colby no top 15 de meio-médios de todos os tempos, em termos de capacidade como lutador e habilidades, do jeito que ele luta. Você pode não gostar dele pessoalmente, e eu realmente não gosto, mas em termos de habilidade ele é um bom lutador. Muito bom lutador”, analisou Usman.

PUBLICIDADE:

Ao contrário de Covington, que só fez uma luta desde o duelo de 2019, Kamaru Usman se manteve ativo na organização. O campeão defendeu o título dos meio-médios em mais três oportunidades: contra Jorge Masvidal (duas vezes) e Gilbert Burns. Nas últimas duas, conseguiu vitórias por nocaute. Usman, no entanto, afirmou que, mais do que conseguir uma interrupção, seu objetivo ao entrar no octógono é mostrar superioridade contra os adversários.

“Não importa para mim conseguir a interrupção ou não. Do jeito que eu luto, quero dominar o cara do início ao fim. Quero mostrar superioridade. Quero que ele vá para casa, deite na cama à noite e pense: ‘m****, aquele cara é melhor que eu. Não tem nada que eu possa fazer para derrotá-lo’. Esse é o sentimento que eu quero ter contra esses caras todas as vezes que competirem contra mim. Finalizando ele ou não, quero que ele tenha esse sentimento. Mas, claro, a interrupção seria ótima e é algo que as pessoas esperam de mim no momento”, finalizou.

PUBLICIDADE:

Kamaru Usman e Colby Covington se enfrentam na luta principal do UFC 268, no dia 6 de novembro. O evento conta ainda com a disputa do título interino do peso galo (até 61,2 kg) entre o ex-campeão Petr Yan e Cory Sandhagen.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS