Empresário de Vettori perde paciência com Borrachinha e pede que brasileiro respeite o esporte

Agente do italiano, Ali Abdelaziz dispara contra mineiro, que precisou de duas mudanças de última hora para se apresentar no UFC Las Vegas 41

P. Borrachinha (foto) enfrenta M. Vettori no UFC Las Vegas 41. Foto: Reprodução/Instagram @borrachinhamma

A paciência com Paulo Borrachinha acabou, pelo menos por parte do empresário de Marvin Vettori. De olho nos últimos acontecimentos que precedem a luta dos atletas no UFC Las Vegas 41, o agente chegou ao limite e decidiu disparar contra o brasileiro. O profissional usou as redes sociais para criticar as mudanças de categoria dias antes do confronto principal deste sábado (23).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Fiquei sabendo que ele (Borrachinha) nunca mais será autorizado a lutar no peso médio. Farei de tudo para que o sobrenome de seu próximo adversário seja Magomedov. Isso desrespeita o esporte, os treinadores, companheiros de equipe. O pior é ver a equipe dele fazendo piadas, como se fosse engraçado”, escreveu Abdelaziz em sua conta no Twitter.

Ainda segundo Ali, Paulo estaria usando artifícios para fazer com que o confronto fosse cancelado. O agente, porém, descartou a possibilidade.

PUBLICIDADE:

“Eu não ia dizer nada, mas ele está fazendo piadas com o corte de peso. Ele está fazendo de tudo para que o UFC o corte e cancele a luta, mas isso não vai acontecer”, publicou.

No início da semana, quando chegou a Las Vegas, Borrachinha não escondeu que não conseguiria chegar ao limite de peso estabelecido no contrato. Em coletiva de imprensa, o brasileiro afirmou que estava pesando cerca de 95kg., mais de 10 acima do exigido.

PUBLICIDADE:

Na sequência, Paulo, Marvin e o UFC chegaram a um acordo para que a luta fosse disputada em peso casado. A quantidade combinada foi 88,5kg. No entanto, nas últimas horas, o acordo foi novamente alterado, sendo firmado para os meio-pesados (até 93kg.).

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?