Neil Magny desafia Khamzat Chimaev para luta em dezembro

Oitavo colocado no ranking dos meio-médios, o norte-americano garantiu que pode derrotar o sueco

N. Magny desafio K. Chimaev (Foto: Montagem/SUPER LUTAS)

Após derrotar de forma impressionante Li Jingliang no UFC 267, em seu retorno ao octógono após um ano afastado, Khamzat Chimaev já tem um novo possível adversário no horizonte. Oitavo colocado no ranking dos meio-médios (até 77 kg), Neil Magny desafiou o sueco para uma luta no card do dia 18 de dezembro.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista concedida ao site norte-americano MMAJunkie.com, Magny revelou que estava escalado para atuar no card do dia 18 de dezembro, em Las Vegas, mas, por conta de uma lesão de seu oponente, a luta foi cancelada. O norte-americano afirmou que Chimaev seria o substituto ideal para enfrentá-lo e garantiu que é capaz de acabar com a invencibilidade do sueco.

“Me ofereceram uma luta para o dia 18 de dezembro, mas acabou sendo cancelada porque meu oponente se machucou logo depois. No momento, o UFC está trabalhando ativamente para conseguir um substituto. Então, em um mundo ideal, essa luta acontece no dia 18 de dezembro. Ele teve zero dano contra Jingliang, e, na minha opinião, seria uma boa alternativa para ele. Eu o daria tempo suficiente para voltar à academia e se preparar para enfrentar um adversário como eu e fazer uma grande luta. Eu quero ir à guerra contra um cara como Chimaev. Eu tenho certeza que consigo arrastá-lo para águas profundas e derrotá-lo. É isso que procuro fazer contra ele”, garantiu Magny.

PUBLICIDADE:

No UFC desde 2013, Neil Magny vive boa fase na organização, com quatro vitórias nas últimas cinco lutas. Em sua última aparição, em maio deste ano, o norte-americano derrotou Geoff Neal na decisão unânime, se recuperando da derrota sofrida contra Michael Chiesa em janeiro.

Khamzat Chimaev chamou atenção em 2020 com seu início avassalador no UFC. O russo naturalizado sueco emplacou três vitórias em dois meses, sendo duas delas com apenas 10 dias de diferença. Após mais de um ano afastado das competições por conta de complicações relacionadas à Covid-19, Chimaev teve um retorno triunfal no último sábado (30), com uma finalização impressionante sobre Li Jingliang no UFC 267.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS