Depois de vencer batalha contra Jandiroba, Amanda Ribas se coloca à disposição para lutar ainda em 2021

Promessa dos palhas não quer saber de descanso e pede por novo compromisso na atual temporada; mineira pode atuar também nos moscas

A. Ribas posa com equipe após vitória no UFC 267. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de passar por um de seus maiores desafios em sua carreira no MMA, Amanda Ribas não quer saber de descanso. Algoz de Virna Jandiroba no UFC 267, a mineira confirmou o desejo de se manter ativa na organização. Na coletiva depois do espetáculo do fim de semana, a peso palha (até 52,1kg.) se colocou à disposição para mais uma luta em 2021.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Atletas mais novos Glover Teixeira. Foto_ Montagem SUPER LUTAS

“Quero lutar ainda este ano. Fiz apenas uma luta e gostaria de atuar antes do fim deste ano. Talvez no peso mosca (até 56,7kg.) ou até nos palhas. Quero lutar”, garantiu.

Depois de ficar quase 10 meses sem um confronto pelo Ultimate, Ribas, que, na temporada, acabou acometida pela Codid-19, aproveitou para comemorar o feito no fim de semana. A brasileira falou sobre o sabor especial do resultado positivo.

PUBLICIDADE:

“Essa luta foi muito boa. Foi quase um ano sem atuar. Eu segui treinando e, no fim deste confronto, quando o árbitro levantou minha mão (em referência à vitória), eu tive aquela sensação incrível, de ter feito o trabalho direito. Mostrei meu coração e o quanto eu queria estar ali. Com certeza, para a próxima luta, estarei ainda melhor”, encerrou.

No UFC 267, Ribas subiu ao octógono para apagar o resultado negativo sofrido contra Marina Rodriguez, em janeiro. Agora, a mineira volta a vencer na organização e, consequentemente, a sonhar com o topo da categoria liderada por Rose Namajunas.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?