Júnior Cigano assina com promotora de boxe e aumenta especulação sobre migração à ‘nobre arte’

Brasileiro é contratado pela empresa 'S-Jam Boxing' e afirma que deseja voltar a ser campeão mundial

J. Cigano (dir.) não se apresenta desde dezembro de 2020. Foto: Reprodução/Instagram @juniorcigano

Com muita especulação sobre seu futuro, Júnior Cigano deu indícios de qual rumo pode tomar na carreira. Ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.), o brasileiro assinou contrato com a ‘S-Jam Boxing’, que promove lutas de boxe, e afirmou que tem o objetivo de se tornar campeão mundial.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Meu foco é ser o campeão do mundo. Sei que é difícil, sei que é complicado, mas é por isso que estou aqui. Anthony Joshua, Deontay Wilder, Tyson Fury. Um dia vou lutar contra esses caras e vou vencê-los”, afirmou Cigano.

A vontade de migrar ao boxe sempre esteve presente no brasileiro, que deseja se testar na modalidade. Além da ‘nobre arte’, ele também já participou de um evento da ‘All Elite Wrestling (AEW)‘, responsável por promover lutas de pro-wrestling em suas arenas.

PUBLICIDADE:

Dispensado pelo UFC em março deste ano, Junior Cigano não se apresenta nas artes marciais mistas desde dezembro de 2020, quando foi nocauteado pelo campeão interino, Ciryl Gane. Profissional desde 2006, o brasileiro conta com um cartel de 21 resultados positivos e nove negativos na carreira. Em sua trajetória, ele já bateu grandes nomes como Fabrício Werdum, Mirko Cro Cop, Cain Velasquez, Frank Mir, Mark Hunt e Stipe Miocic.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?