Após derrota para Usman, Colby Covington mira em Jorge Masvidal e provoca: ‘Vamos ver quem é o rei’

Norte-americano diz que tem rivalidade pessoal para resolver com 'Jesus das Ruas' e pede luta ao Ultimate

C. Covington em entrevista coletiva pós-UFC 268. Foto: Reprodução/YouTube

Sem tempo para lamentações. Apesar do novo revés contra Kamaru Usman pelo título da divisão dos meio-médios (até 77kg.) que ocorreu no último sábado (6), Colby Covington quer medir forças Jorge Masvidal em sua próxima apresentação para, enfim, resolver as pendências pessoais. Ele, inclusive, diz que nutre uma rivalidade pessoal com o ‘Jesus das Ruas’ e espera enfrentá-lo em breve.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Ele fala muita m**** e é uma rivalidade pessoal. Não tem algo parecido no UFC, que pode vencer bem tudo isso. Vamos ver quem é o rei. Eu quero dar um soco na cara dele – que tem até pensão alimentícia para pagar. Então, me vingarei de tudo contra esse cara”, afirmou Covington.

Conhecido por seu poder do trash talk, o norte-americano acredita que Masvidal poderia colocá-lo de volta à briga pela disputa de título dos meio-médios. Covington também revela que os fãs e jornalistas deram uma ‘fama de estrela’ que não condiz com a qualidade do ‘Jesus das Ruas’.

PUBLICIDADE:

“Eu acho que uma luta contra o Masvidal seria uma boa, pois me levaria de volta ao topo. Ele era o primeiro do ranking antes de ser derrotado duas vezes seguidas. Vocês colocaram muito entusiasmo nele, como se ele fosse uma estrela com nocautes loucos, mas sabem que essa luta precisa acontecer”, finalizou.

Profissional desde 2012, Colby Covington já foi campeão interino, mas esbarrou em Kamaru Usman nas duas oportunidades pelo título linear. O norte-americano, agora, tem um cartel de 16 resultados positivos e três negativos na carreira.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS