Jon Jones dispara contra críticos em rede social: ‘moram com a mamãe’

Através das redes sociais, Jon Jones rebateu as críticas e afirmou que os 'haters' estão 'com as prioridades na direção errada'

J. Jones (foto) foi preso recentemente acusado de violência doméstica. (Foto: Reprodução/Instagram @jonnybones)

Nos últimos tempos, o nome de Jon Jones é muito mais falado em relação a assuntos que ultrapassam os limites do octógono. Afastado das competições desde fevereiro de 2020, o ex-campeão dos meio-pesados (até 93 kg) chegou a ser preso em setembro deste ano, acusado de violência doméstica.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O tempo afastado do octógono e as polêmicas e confusões colecionadas fora dele têm gerado muitas críticas em relação ao lutador. Neste final de semana, Jon Jones utilizou as redes sociais para responder a algumas delas. De acordo com o ex-campeão, as prioridades de seus “haters” estão na direção errada.

“Se você ainda está falando sobre o que aconteceu em Las Vegas, mas mora na casa de sua mamãe, suas prioridades estão no lugar errado, meu amigo. Você está focando nas confusões de outro homem, enquanto eu estou aqui focando em permanecer muito à frente de você”, desabafou Jones.

PUBLICIDADE:

O desabafo de Jones gerou muitas reações nas redes sociais, a maior parte delas negativa. Em uma delas, um seguidor alegou que a mãe mora com ele, e recebeu uma resposta do ex-campeão.

“Na verdade eu tenho muito respeito por situações como essa. Se minha mãe ainda estivesse viva, eu definitivamente permitiria que ela morasse comigo. Estou falando sobre alguns perdedores. Muito raramente pessoas felizes ou de sucesso gastam tempo de seu dia para atacar outras na internet”, escreveu Jones.

PUBLICIDADE:

Sem lutar desde que defendeu o título dos meio-pesados contra Dominick Reyes, no UFC 247, Jon Jones está se preparando para realizar a transição para os pesos pesados (até 120,2 kg) e afirmou que estará pronto para retornar em 2022.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?