Tyron Woodley critica Jake Paul por recusar revanche no boxe e dispara: ‘Não tem palavra’

Ex-campeão do UFC, norte-americano afirmou que se chateou com o youtuber, que teria negado uma segunda luta para enfrentar Tommy Fury

T. Woodley (esq) e J. Paul (dir) se enfrentaram no dia 29 de agosto. (Foto: Instagram/Showtime)

De olho em uma eventual revanche no boxe, o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.) do UFC, Tyron Woodley, criticou Jake Paul por ignorá-lo e acertar um acordo para combate contra Tommy Fury, que acontece no dia 18 de dezembro, mesmo após cumprir com combinado e fazer uma tatuagem com nome do youtuber.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Assisti pela 1ª vez! Cada palavra por aqui aconteceu. Ele foi desafiado e correu. Ele não queria voltar atrás. Ele não é homem de palavra”, escreveu Woodley em seu ‘Twitter’ oficial.

A declaração em questão acontece após o youtuber negar uma revanche para Woodley depois de vencê-lo na decisão dividida dos juízes, em combate que aconteceu em agosto deste ano. Segundo ele, quando o ex-UFC fez uma tatuagem com ‘Eu amo Jake Paul’, ele já havia alinhado um embate diante de Tommy Fury.

PUBLICIDADE:

“Não vai acontecer (a revanche). Na época em que ele fez a tatuagem, já havíamos começado a planejar uma luta contra Tommy Fury. Eu realmente não acho que as pessoas querem ver ‘Tyron Woodley x Jake Paul’ novamente. Ele já teve sua chance”, disse Paul, em entrevista recente ao ‘TMZ Sports’.

Tyron decidiu se aventurar no boxe após fase ruim nas artes marciais mistas, onde emplacou uma série negativa de quatro derrotas. No Ultimate, ele fez história ao reinar na categoria dos meio-médios no período entre 2016 e 2019, mas não teve o mesmo sucesso na ‘nobre arte’ até o instante.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?