Em dúvida sobre o seu futuro, Fabrício Werdum não garante retorno a PFL em 2022

Em entrevista ao 'MMA Junkie', o brasileiro citou os seus negócios pessoais e declarou que só irá voltar a lutar, caso haja uma boa proposta da organização

F. Werdum antes de luta pela PFL Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeão peso pesado (até 120,2kg) do UFC, Fabrício Werdum parece ter dúvidas sobre a continuidade da sua carreira profissional. Em entrevista ao ‘MMA Junkie‘, o lutador brasileiro revelou que sua esposa pediu para que ele pendurasse as luvas e colocou em dúvida sua continuidade na PFL em 20221.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Dustin Poirier prevê vitória por interrupção contra Charles do Bronx para conquistar o cinturão dos leves

Veja Também

“Eu preciso tomar uma decisão ainda. Preciso falar com minha esposa. Primeiro,  porque ela quer que eu pare (de lutar). Tenho 44 anos, então ela quer que eu pare e estamos indo vivendo bem no Brasil e realizando muitas coisas”, contou Werdum.

PUBLICIDADE:

O atleta tupiniquim falou sobre os seus negócios pessoais para reforçar a dúvida quanto a continuidade da sua carreira de atleta.

“Então eu tenho a minha boutique de carne, eu também tenho uma marca de roupas (Werdum Sports), eu tenho um canal no YouTube e sou embaixador da PFL aqui no Brasil. Então eu tenho um monte de coisas acontecendo. Precisa valer a pena,para eu parar tudo e lutar de novo. Porque eu precisaria voltar para os EUA, porque a minha equipe (Kings MMA) está em Los Angeles (EUA)”, revelou o ex-campeão dos pesados.

PUBLICIDADE:

O lutador gaúcho se mostrou disposto a retornar a PFL, mas deixou claro que não irá se comprometer com um retorno se não tiver uma boa proposta em mãos.

PUBLICIDADE:

“Sim, sim, acho que sim voltarei. Eu preciso de uma boa proposta, onde eu sei que tenho que voltar para os Estados Unidos com Rafael Cordeiro e estar lá dois meses focado. Se a proposta valer a pena, lutarei novamente com certeza. Se não, eu vou continuar a fazer o que eu faço”, finalizou o ‘Vai Cavalo’.

Campeão dos pesados do UFC entre 2015 e 2016, Werdum foi contratado pela PFL no início de 2021 como grande destaque do torneio dos pesados. Porém, na nova casa, o brasileiro não se saiu bem. Em sua luta de estreia, uma derrota para Renan Problema foi revertida para ‘No Contest’ após muita confusão. O combatente possui um cartel no MMA de 24 triunfos, nove reveses e um empate.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?