Ex-desafiante ao cinturão interino, Kevin Lee é suspenso por seis meses após falha em exame antidoping

Já afastado de forma preventiva, o norte-americano recebeu a sua pena definitiva da Comissão Atlética de Nevada após ser pego com a substância 'Aderall'

K. Lee foi suspenso pela Comissão Atlética de Nevada. Foto: Reprodução/Instagram @motownphenom

Após ser flagrado em exame antidoping em sua última luta e ser suspenso temporariamente pela Comissão Atlética de Nevada, o norte-americano Kevin Lee finalmente conheceu a sua pena. O orgão decidiu afastar o atleta das competições por seis meses e aplicou uma multa de US$16,5 mil (cerca de R$ 90 mil).

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Após sentir poder de Justin Gaethje no UFC 268, Michael Chandler crava: ‘Ele pode quebrar Do Bronx’

Veja Também

O ex-desafiante ao cinturão interino dos leves (até 70,3kg) admitiu o uso da substância aderall , um estimulante do sistema nervoso central, e revelou que utilizava para tratamento de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), diagnosticado em 2018. , Kevin revelou que chegou a informar à USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) sobre o uso, mas não comunicou à Comissão Atlética de Nevada (NAC). Lee foi pego no exame antidoping após duelo contra Daniel Rodriguez no último mês de agosto.

PUBLICIDADE:

Considerado uma das maiores promessas do Ultimate nos últimos anos, Lee não vem em boa fase na carreira. Em seus últimos cinco combates, o norte-americano sofreu quatro derrotas. Kevin possui um retrospecto de 18 triunfos e sete reveses nas artes marciais mistas.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS