Após três derrotas seguidas, Al Iaquinta cogita aposentadoria e desabafa: essa m**** não vale a pena

No UFC desde 2012, o lutador de 34 anos chegou a disputar o cinturão dos leves contra Khabib Nurmagomedov

A. Iaquinta cogita se aposentar do MMA. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Após ter sido derrotado por Bobby Green no UFC 268, somando quatro derrotas nas últimas cinco lutas, sendo três delas consecutivas, Al Iaquinta está pensando em pendurar as luvas.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante o último episódio de seu podcast “Call Me Al Show”, o lutador de 34 levantou a possibilidade de se aposentar do MMA e desabafou sobre o custo-benefício do esporte, citando como exemplo a ‘guerra’ entre Michael Chandler e Justin Gaethje, também no UFC 268.

“Lutar novamente? Acho que não, cara. Estou achando que é isso. Esse é o jeito de sair. Obviamente, você quer sair com uma vitória, mas essa m**** não vale a pena, cara. Você viu a luta de Michael Chandler e Justin Gaethje. Os caras bateram muito um no outro. Aquilo não valeu a pena”, desabafou Iaquinta.

PUBLICIDADE:

Al Iaquinta enfrentou o também veterano Bobby Green no UFC 268 retornando de um período de dois anos sem lutar. Mesmo lutando em casa, o nova-iorquino admitiu que foi a primeira vez em sua carreira que simplesmente desistiu de uma luta.

“Foi a primeira luta em que eu realmente desisti. Ele não me nocauteou, não me deixou inconsciente. Eu virei e me defendi. Eu ainda estava consciente e sabia o que estava fazendo, mas eu meio que só queria ir embora. Foi isso. Eu percebi que ele me bateu forte. Provavelmente não seria uma noite boa para mim. Eu não estava confiante na minha preparação, no meu condicionamento, no meu wrestling. Esses caras treinam três vezes por dia, duas vezes por dia, muito duro. Meu corpo não aguenta mais isso. Foi a primeira vez na minha carreira que eu desisti de uma luta”, admitiu Iaquinta.

PUBLICIDADE:

Aos 34 anos de idade, Al Iaquinta é lutador profissional de MMA desde 2009 e integra o elenco do UFC desde 2012, quando foi vice-campeão da décima quinta temporada do reality show The Ultimate Fighter. Com vitórias notáveis sobre Jorge Masvidal, Kevin Lee (duas vezes) e Diego Sanchez, Al Iaquinta chegou a disputar o cinturão dos leves contra Khabib Nurmagomedov, mas foi derrotado por decisão unânime.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS