Covington fala em ‘ressuscitar’ TUF e se oferece para promover reality show com Masvidal

De olho em retomar o caminho das vitórias, norte-americano volta a sugerir embate contra antigo amigo

C. Covington se encaminha para o octógono do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Derrotado por Kamaru Usman no UFC 268, Colby Covington parece estar mesmo disposto a enfrentar Jorge Masvidal, e em grande estilo. Em entrevista ao ‘Submission Radio’, o ex-campeão interino dos meio-médios (até 77kg.) falou em ‘ressuscitar’ o ‘The Ultimate Fighter’ (TUF) e se ofereceu para ser um dos treinadores no reality show que descreve como ‘chato’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Aquele cara não quer me enfrentar. Ele vai perder todos os créditos das ruas, de uma forma ou de outra. Se ele me enfrenta, perde. Se não me enfrentar, perde ainda mais. (…) Ele está se fugindo de mim. O que posso dizer, o que posso fazer? Só quero promover boas performance para o UFC”, disse Covington.

Na intenção de levar um problema pessoal para o octógono, Colby busca aumentar a promoção de um possível embate contra Jorge. Antigos amigos, os atletas têm desenvolvido uma rivalidade iniciada após o desligamento do ‘Caos’ da ‘American Top Team’ (ATT).

PUBLICIDADE:

“Ele precisa aceitar essa luta. Faz sentido no ‘The Ultimate Fighter’. Vamos ressuscitar aquele show. O programa tem sido chato. Não tem mais entretenimento. Vamos trazê-lo de volta”, encerrou.

Depois de falhar em sua segunda tentativa de somar o cinturão dos meio-médios contra Kamaru Usman, Covington precisa voltar a vencer, caso queira uma nova chance de atuar pelo sonhado título. Para o atleta, Masvidal, que ganhou popularidade nos últimos anos, é um nome que pode ajudá-lo a retomar a condição de desafiante.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS