Gilbert Durinho afirma que Kamaru Usman ultrapassou Georges St-Pierre como melhor meio-médio da história

O brasileiro opinou que a maneira como o nigeriano domina a divisão é mais convincente do que a do ex-campeão dos meio-médios

K. Usman (esq.) cumprimenta G. Durinho (dir.) após vitória no UFC 258. Foto: Reprodução/Instagram

A declaração de Dana White após a vitória de Kamaru Usman sobre Colby Covington, no UFC 268, segue repercutindo. Na ocasião, o presidente do UFC, afirmou que o atual campeão dos meio-médios é o maior lutador da história da divisão, superando inclusive a lenda Georges St-Pierre. Ex-adversário do nigeriano e na busca por uma revanche, Gilbert Durinho concorda com Dana.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Durante participação no “Trocação Franca”, podcast em língua portuguesa do site norte-americano “MMAFighting.com”, Durinho opinou que o jeito com o qual Kamaru Usman domina a divisão dos meio-médios é mais convincente do que a maneira com a qual GSP dominava no passado.

“O jeito que ele está dominando é mais atrativo do que a maneira de Georges St-Pierre. St-Pierre derrubava e fazia ground and pound, não eram vitórias tão convincentes às vezes, e Kamaru Usman está vencendo de maneira muito mais convincente. Ele já é o melhor na minha opinião, mas acho que faltam mais defesas de cinturão para acabar a conversa”, opinou Durinho.

PUBLICIDADE:

Gilbert Durinho enfrentou Kamaru Usman em fevereiro deste ano, na luta principal do UFC 258 e acabou nocauteado pelo campeão no terceiro assalto. O brasileiro destacou a dificuldade em aplicar quedas no nigeriano e sua capacidade de absorção de golpes para defender que apostaria nele em uma hipotética luta contra Georges St-Pierre no auge.

“Eu tentei derrubá-lo e não consegui, Colby (Covington) tentou derrubá-lo e não conseguiu, muitos outros tentaram, mas é muito difícil derrubá-lo. Lembro de acertar golpes duros no Kamaru, bem duros, senti minha mão em cheio na cabeça dele, e o bicho segurou a onda. Lembro de um chute que minha canela entrou seca na cabeça dele, fiquei com um calombo na canela e ele segurou a onda legal. Acho que na trocação ele é superior ao St-Pierre e no wrestling é outro nível. Os dois no auge, eu apostaria no Kamaru”, disse o brasileiro.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico