‘Novo Aldo’ elogia Rob Font após UFC Vegas 44 e destaca foco no título dos galos

Brasileiro emplacou seu terceiro triunfo seguido e se aproximou de nova chance pelo cinturão até 61,2kg.

J. Aldo é carregado por seu treinador, A. Pederneiras, após vitória no UFC Vegas 44. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Após José Aldo perder para Alexander Volkanovski, Petr Yan e Marlon Moraes, boa parte da comunidade do MMA imaginou que a lenda diminuiria seu foco por uma nova chance pelo título. No entanto, ele conseguiu se reinventar e, depois de superar Rob Font no UFC Vegas 44 do último sábado (4) para emplacar a terceira vitória seguida, revelou que já almeja voltar ao topo do mundo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Rob Font é um cara muito duro. A gente sabia da qualidade dele. É um grande atleta, mas estou em busca do meu sonho que é ser campeão da categoria. Então, ninguém vai me parar. Eu respeito todo mundo, mas estou trabalhando para isso. Estou treinando de tudo e a gente botou na nossa cabeça que eu tenho de ser um atleta de MMA. Então, eu tenho que estar bem em pé, no grappling. Então, esse é o ‘Novo Aldo’ e eu quero agradecer a todo mundo que me treina lá no Rio (de Janeiro)”, disse o ‘Campeão do Povo’ em entrevista no octógono.

Questionado sobre nova luta de cinco rounds inteiros após cinco anos, o brasileiro revelou que conseguiu se preparar de forma adequada e, agora, já se imagina como campeão dos galos (até 61,2kg.). Inclusive, sua última luta de 25 minutos havia acontecido em julho de 2016, quando bateu Frankie Edgar pelo cinturão nos penas (até 65,7kg.).

PUBLICIDADE:

“Eu me sinto muito bem. A gente treinou para isso, então foi tudo tranquilo. Todo mundo acha que a gente consegue lutar três rounds, mas eu estava preparado para cinco. Eu estou querendo ser o campeão da categoria, então estou trabalhando para mostrar isso”, finalizou.

Com 35 anos, Aldo, hoje, soma 38 compromissos como profissional no MMA. Em sua trajetória no esporte, o brasileiro conquistou 31 triunfos e sofreu sete reveses.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico