De novo? Quatro anos após polêmica, Colby Covington volta a ofender o Brasil: ‘Aquele lugar é um lixão’

Após chamar os fãs brasileiros de 'animais imundos' em 2017, o norte-americano voltou a repetir as ofensas e reclamou da forma como foi tratado no país

C. Covington (foto) voltou a provocar o Brasil em entrevista. Foto: Reprodução/Instagram @colbycovmma

Quatro anos após a polêmica provocação ao Brasil, Colby Covington não mudou ‘uma vírgula’ do que disse antes da luta contra Demian Maia em 2017. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, o último desafiante dos meio-médios (até 77,1kg) reforçou o seu ódio e chamou o país de ‘lixão’.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Treinador de Julianna Peña aponta brecha para ‘chocar o mundo’ contra Amanda Nunes no UFC 269

Veja Também

“Você sabe que essas pessoas são animais imundos. Chamei aquele lugar de lixão porque era um lixão. Não gostei da minha experiência. Lá, eles me trataram como merda. Eles gritaram coisas ruins para mim e disseram que eu ia morrer”, disse Colby.

PUBLICIDADE:

O estopim da polêmica aconteceu em outubro de 2017. Na ocasião, o então prospecto Colby Covington enfrentaria o veterano Demian Maia, em São Paulo. Diante do conhecido ‘calor’ da torcida brasileira, o norte-americano não abaixou a guarda e chamou os fãs tupiniquins de ‘animais imundos’. Desde então, o ‘Chaos’ passou a ser odiado por grande parte dos torcedores brasileiros.

No último mês de novembro, Colby teve mais uma chance de se tornar o campeão dos meio-médios, mas parou novamente no talento do líder da divisão Kamaru Usman. Em seus últimos dois combates, o norte-americano sofreu duas derrotas, ambas para o ‘Pesadelo Nigeriano’. O ‘Chaos’ possui um cartel de 16 triunfos e três reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano