Poirier rebate críticos que acusam Do Bronx de ‘desistir fácil’ e reforça dura trajetória do brasileiro no UFC

Desafiante ao cinturão do campeão, norte-americano volta a mostrar respeito ao adversário deste sábado

D. Poirier em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Responsável por tentar encerrar o reinado de Charles do Bronx no UFC 269, que acontece neste sábado (11), Dustin Poirier segue dando provas de que é um desafiante respeitoso. Em conversa com a imprensa no ‘Media Day’, o norte-americano rebateu críticos que questionam a resistência do campeão em embates importantes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Se existe (a fama de desistente), nós vamos descobrir, mas não posso me apegar a isso. Ele mostrou muita raça na sua última luta, contra (Michael Chandler). Ele se machucou, quase foi nocauteado, voltou e nocauteou. Sua última luta é a que me apego”, disse Poirier.

Primeiro adversário de Charles desde que o brasileiro assumiu o trono dos leves (até 70,3kg.), Dustin seguiu dando provas de respeito ao campeão. O ‘Diamante’ admitiu acompanhar a carreira do paulista há tempos.

PUBLICIDADE:

“Tenho acompanhado esse cara. Nós dois estivemos nas mesmas águas por uma década no UFC. Existe uma lista de pessoas que são especiais e conquistaram cinturões. Para mim, ele está nessa lista”, contou.

Ex-campeão interino da categoria, Poirier tenta, além do título inédito (linear), ampliar o grande momento com as luvas do Ultimate. Na temporada, o atleta soma duas vitórias por nocaute sobre Conor McGregor.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico