Treinador de O’Malley afirma que atleta criou personagem para o UFC, mas garante: ‘Pode vencer qualquer um’

Responsável por afiar o jiu-jitsu do pupilo do Ultimate, Augusto Tanquinho fala de convivência com atleta e analisa compromisso no UFC 269

Responsável por afiar o jiu-jitsu do promissor Sean O’Malley, Augusto Tanquinho só tem elogios para seu pupilo. Presente na preparação do atleta para o UFC 269, que acontece neste sábado (11), quando o peso galo (até 61,2kg.) encara o brasileiro Raulian Paiva, o treinador falou com exclusividade ao canal no YouTube do SUPER LUTAS sobre o compromisso. Além de exaltar o talento do lutador, o técnico comentou sobre a convivência com a estrela.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Neste fim de semana, O’Malley chegará ao seu terceiro desafio em 2021. Invicto na temporada, o lutador terá o duro compromisso de superar Paiva, que chegou com moral à divisão até 61,2kg.

Personagem criado

Cabelos coloridos e estilo provocador diante das câmeras, Sean precisou de pouco tempo para cair nas graças dos fãs do Ultimate. Augusto, no entanto, surpreendeu ao afirmar que o que o atleta apresenta nas entrevistas ou redes sociais não reflete a personalidade do peso galo nos bastidores.

PUBLICIDADE:

“Ele é 100% diferente. Todo mundo fala do cara, mas é um personagem. Ele viu que é o que dá certo para ele. Tem um pouco dessa personalidade brincalhona, mas, com certeza, quando a câmera está ligada, isso aflora mais. Ele é ‘tranquilão’, se bobear, nem fala muito. Fica na dele. Treina muito, mas não tem nada de fanfarrão”, disse Tanquinho.

Diferencial de O’Malley

Tratado pelo UFC como uma joia a ser lapidada, Sean tem ganhado fama com atuações seguras e convincentes. Augusto, assim, falou sobre o que faz com que o pupilo seja tratado como promessa para o futuro da organização.

PUBLICIDADE:

“Ele vai lá e dá um show. É isso o que o UFC quer. Desde o momento em que ele foi contratado foi pelo show, tentando movimentos plásticos. Fazem parte do arsenal dele. Não é uma coisa de maluco. Ele treina muito, luta desse jeito, para frente, nocautear. Quer entreter o público, fala muito bem. Isso ajudou muito a chamar mais atenção e ele aproveitou cada segundo de chance que teve”, garantiu.

PUBLICIDADE:

Cuidado com o deslumbre

Com apenas 27 anos e status de estrela, Sean precisa ter cuidado para não se perder em meio à fama. Presente no dia a dia de O’Malley, Augusto tranquiliza os fãs do lutador e vê o pupilo centrado com relação à carreira.

“Apesar de novo, ele é cercado de muita gente. A família dá um suporte muito grande e nós, treinadores (também). Quando ele era mais novinho, (…) e foi ganhando mais projeção, fomos trabalhando isso na cabeça dele. Hoje em dia, ele é bem tranquilo. Não tem nada de ter que tomar cuidado. (…) Ele tem uma equipe por trás, ajudando. Ele não está nem aí. Quer fazer a parte dele. Ele sabe que não adianta falar e, chegar na luta e não performar” contou.

Luta contra Raulian

Para avançar ainda mais na categoria que, hoje, tem Aljamain Sterling (linear) e Petr Yan (interino) como campeões, Sean terá o duro compromisso de superar Raulian Paiva. Tanquinho, assim, analisou o embate contra o brasileiro, que estreou na divisão com vitória e deixando boa impressão.

“A gente sabe que ele (Raulian) é um garoto duro, habilidoso. Pode vencer também, tanto em pé quanto no chão. Achamos ele bem completo, tem bastante coração, vai para cima. A gente acha que vai ser uma luta para frente. Nos preocupamos muito se o Suggar (O’Malley) vai fazer a parte dele. Não estamos muito preocupados com o Raulian. (…) É uma luta de MMA. Tudo pode acontecer. Sean é um striker e acredito que, se ele mantiver a luta em pé, vai ser um nocaute”, encerrou.

Futuro de Sean

Caso supere Paiva no UFC 269, O’Malley atingirá a marca de 15 vitórias em 16 desafios nas artes marciais mistas. Se vencer, o atleta amplia o bom momento. De olho na projeção do lutador, Augusto fala sobre o futuro do aluno.

“Se o Sean chegar lá e fizer tudo o que é capaz de fazer, temos certeza de que pode ficar em cima no ranking, se estiver bem fisicamente, mentalmente, sem lesão. Ele é muito habilidoso tanto em pé quanto no chão. Pode vencer qualquer um da categoria, sem sombra de dúvida”, encerrou.

Histórico dos atletas

Profissional no MMA desde 2015, Sean O’Malley se encaminha para o 16º desafio no MMA. Hoje, o lutador tem 15 triunfos e um tropeço.

No esporte há mais de oito anos, Raulian Paiva pode ampliar o bom momento dentro do UFC. Antigo destaque dos moscas (até 56,7kg.), o brasileiro quer o quarto resultado positivo em sequência, o segundo entre os galos. Hoje, o tupiniquim tem 21 vitórias e três derrotas na modalidade.

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico