Maurício Shogun prevê retorno ao octógono em março e quer fazer duas lutas antes de se aposentar

Aos 40 anos, o ex-campeão do UFC e do Pride está recuperado da lesão sofrida na última luta, contra Paul Craig

M. Shogun (foto) após vitória no UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Um dos maiores meio-pesados (até 93 kg) da história do MMA, Maurício Shogun não está pronto para pendurar as luvas. Aos 40 anos, o brasileiro ex-campeão do UFC e do Pride planeja retornar ao octógono em março de 2022 após se recuperar da lesão sofrida na derrota contra Paul Craig, em novembro do ano passado.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Foi o mesmo local que machuquei contra Mark Coleman no Pride. Meu médico achou melhor recuperar sem cirurgia e foi isso que fiz. Em agosto voltei a treinar e agora me sinto 100%, então vou pedir ao meu empresário Eduardo Alonso para marcar minha próxima luta para março”, revelou Shogun em entrevista ao “Sherdog”.

No Ultimate desde 2007 e com mais de 20 lutas pela organização, Maurício Shogun espera retornar ao octógono em pelo menos mais duas oportunidades. O ex-campeão, no entanto, não descarta um possível confronto contra o rival dos tempos de Pride, Ricardo Arona, na luta agarrada.

PUBLICIDADE:

“Sou movido por desafios. Meu foco é total no UFC. Quero lutar mais duas vezes. Mas se o ADCC ou outra organização de luta agarrada me convidar para enfrentar Arona nas regras do submission, com todo respeito que tenho por ele, eu aceitaria a oferta e lutaria para vencer”, garantiu o ex-campeão.

 

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano