Provável desafiante de Do Bronx, Gaethje usa bordão de torcida brasileira para provocar campeão

Número um no ranking dos leves, norte-americano volta a alfinetar e segue mostrando interesse em atuar no país de Charles

J. Gaethje em entrevista ao UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Favorito de Dana White na corrida por uma disputa de cinturão contra Charles do Bronx, Justin Gaethje vive um verdadeiro ‘morde e assopra’ com o campeão dos leves (até 70,3kg.). Desta vez, o norte-americano desabafou sobre o respeito pelo brasileiro exibido em vídeo nos bastidores do UFC 269. O provável desafiante foi criticado por parte dos fãs, pois foi crítico da capacidade do paulista antes da primeira defesa de título.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Charles do Bronx, isso se chama respeito, idiota. Nós estamos nos negócios de quebrar rostos. Meu respeito naquela noite foi tão real quanto a minha intenção de te tirar tudo no seu país. ‘Uh, vai morrer”, escreveu Justin, em sua conta no Twitter.

Para alfinetar o campeão, o norte-americano usou um bordão que se tornou famoso mundialmente com a torcida brasileira presente nas arenas em eventos do Ultimate. Mesmo na linha de frente para desafiar Charles, o número um no ranking ainda não está confirmado como próximo rival do dono do título.

PUBLICIDADE:

Recentemente, Do Bronx recebeu um desafio que pode mudar sua vida para sempre. O sucesso do paulista no octógono chamou a atenção de Conor McGregor, famoso por tornar milionários os adversários com quem divide as arenas de lutas.

Ao ser publicamente citado pelo antigo duplo campeão do UFC, Do Bronx não escondeu sua empolgação. O brasileiro se mostrou aberto ao confronto e, inclusive, sugeriu que o ‘Notório’ aceitasse o embate em maio, quando a organização retorna ao Brasil.

PUBLICIDADE:

Com a oportunidade de ‘furar a fila’, ainda não se sabe quando McGregor poderá retornar ao MMA. O lutador se recupera de grave lesão no tornozelo esquerdo, sofrida em julho, quando foi superado por Dustin Poirier.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico