Após encontrar rival de última hora para o UFC Vegas 46, Michel Pereira tem luta adiada para 22 de janeiro

Protocolos contra a Covid-19 obrigam duelo do brasileiro contra André Fialho a migrar para o UFC 270

M. Pereira em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Depois de encontrar o substituto de última de Muslim Salikhov no UFC Las Vegas 46, Michel Pereira tem um novo contratempo para seu primeiro compromisso em 2022. Escalado para encarar o estreante André Fialho, o confronto precisou migrar para o UFC 270, confirmado para 22 de janeiro, na Califórnia (EUA), por protocolos de segurança contra a Covid-19. A informação foi confirmada pelo ‘MMA Fighting’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Xodó da torcida brasileira, Michel se preparava para o desafio mais importante desde seu debute no Ultimate. Contra Salikhov, o ‘Paraense Voador’ teria a oportunidade de, enfim, chegar ao top 15 dos meio-médios (até 77kg.), em caso de vitória.

O russo, no entanto, deixou o confronto dias antes do UFC Las Vegas 46. Pereira, então, aceitou encarar André Fialho, que fará sua estreia na organização.

PUBLICIDADE:

Com estilo único dentro do octógono, o ‘Paraense Voador’ vive grande momento no Ultimate. O lutador soma três vitórias consecutivas e tem apresentado evolução a cada confronto.

A nova data da luta permitirá que o brasileiro atue no primeiro evento numerado da temporada. O UFC 270 contará com duas disputas de cinturão. A protagonismo é assumido pelo duelo entre Francis Ngannou e Ciryl Gane, pela unificação do título dos pesados (até 120,2kg.) e, no confronto co-principal, Deiveson Figueiredo tenta recuperar o trono dos moscas (até 56,7kg.) contra Brandon Moreno.

PUBLICIDADE:

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano