Estreante português, André Fialho promete ‘grande show’ e analisa luta contra Michel Pereira no UFC 270

Em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS, lutador expõe brechas no jogo do ‘Paraense Voador’ e quer nocautear em seu debute na organização

A estreia no Ultimate em card numerado pode chamar a atenção de diversos lutadores e, com André Fialho, não é diferente. Neste sábado (22), o português debuta na organização diante de Michael Pereira no UFC 270 e terá a oportunidade de confirmar a expectativa criada por sua contratação.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista exclusiva ao canal do SUPER LUTAS no ‘YouTube’, Fialho analisou o estilo diferente de Michel e afirmou que seu estilo pode prevalecer para que o brasileiro tenha uma ‘noite curta’ no evento.

“Por um lado, ele é um ótimo lutador – explosivo, rápido, alto, longo – e vai ser uma grande luta. Mas acho que ele faz muitas coisas desnecessárias e acho que o estilo pode ser perigoso contra mim. Se a minha mão conectar, vai ser uma noite curta para ele. Eu quero aproveitar tudo. Acho que é um ótimo show”, disse André.

PUBLICIDADE:

Fialho conta, inclusive, que esperava por uma luta apenas em fevereiro e, depois da saída do russo Muslim Salikhov do duelo contra Michel Pereira, soube que poderia bater o peso e fazer um grande sorganização.

“A minha luta antes de assinar com o UFC seria para o ‘Dana White Lookin’ for a Fight’, mas o Dana não conseguiu chegar no show e eu não consegui meu contrato. Só que eu mentalizei que não voltaria sem assinar. Eu estava triste, mas meu manager me falou que eu estava pronto. Eu tinha uma data para lutar em fevereiro, mas soube de que poderia lutar no próximo evento e comecei a perder o peso desde lá”, acrescentou o português.

PUBLICIDADE:

Brecha no jogo do ‘Paraense Voador’

André Fialho revelou o que espera do confronto diante de Michel Pereira. Questionado sobre o ‘desfecho dos sonhos’ no embate, o português afirmou que a meta é fazer a ‘mão entrar’ e aplicar um nocaute. Ainda assim, ele quer apenas usufruir de cada momento de sua estreia.

PUBLICIDADE:

“Minha equipe viu falhas no chão. Mas eu gosto de trocar em pé e eu vi algumas falhas em pé também e as pessoas vão ter que esperar para ver. Quando eu penso no desfecho da luta, só consigo ver um KO (nocaute) para meu lado. Eu tenho imaginado isso na minha cabeça e aproveitar o momento”, analisou.

Desejo de enfrentar Chimaev

Grande promessa da divisão dos meio-médios (até 77kg.), Khamzat Chimaev é ‘alvo de desejo’ de inúmeros atletas do Ultimate. E, com André Fialho, não é diferente. Apesar de estar às vésperas de seu debute, o português revelou que tem grandes planos para seu futuro e destacou o interesse de encarar o sueco em seu futuro na franquia de Dana White.

“Eu sinto que tenho tudo para ser campeão e melhor do mundo. Tem um lutador que estou motivado para lutar, que é o Khamzat Chimaev. É alguém que quero enfrentar. Estou doido para ‘arrancar a cabeça’ dele. É uma divisão cheia de talentos, com muito atleta bom, e estou muito contente de estar, finalmente, aqui”, concluiu.

Histórico do Lutador

Com passagens por Bellator e PFL, André Fialho vai, enfim, fazer sua estreia no Ultimate. Aos 27 anos, o lutador está em uma sequência de quatro triunfos seguidos e conta com um cartel de 14 resultado positivos e três negativos. Ele nocauteou Stefan Sekulic em sua última apresentação, que aconteceu em outubro de 2021, no UAE Warriors.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano