Campeão interino, Gane reconhece Ngannou como melhor peso pesado, mas faz ponderação

Francês segue respeitando feitos de rival no UFC 270 e assume que pode superar legado em caso de vitória no sábado

C. Gane (foto) enfrenta F. Ngannou no UFC 270. Foto: Reprodução/Instagram

Preparado para o maior desafio de sua carreira como profissional no MMA, Ciryl Gane está certo de que não terá vida fácil no UFC 270. Adversário de Francis Ngannou neste sábado (22), em luta pela unificação do título dos pesados (até 120,2kg.), o francês segue com postura respeitosa. Em conversa com a imprensa no ‘media day’, o campeão interino reconheceu o adversário como o melhor da categoria, mas com ponderações.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Não sou o melhor lutador, nem o mais ‘maligno’ do mundo. Hoje, esse cara é o Francis. Se eu quiser me tornar este cara, preciso bater Francis”, disse o atleta.

Dono do título interino desde agosto de 2021, Gane pode fazer história na organização. Invicto como profissional no MMA, o combatente pode assumir o topo absoluto da divisão ao superar um dos mais temidos nomes da divisão.

PUBLICIDADE:

Com moral na companhia, Ciryl chega para o confronto com um retrospecto de 10 triunfos consecutivos. Pelo UFC, o francês soma sete triunfos em sequência.

Disposto a manter a boa fase, Ngannou não fica atrás. Famoso pela força descomunal, o ‘gigante’ vem de cinco resultados positivos, todos por nocaute.

PUBLICIDADE:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica