AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Ngannou diz que enfrentou Gane com graves lesões no joelho e revela necessidade de cirurgia

Após unificar os cinturões dos pesos pesados, o campeão revelou ter se lesionado gravemente há menos de um mês

F. Ngannou derrotou C. Gane no UFC 270 (Foto: Instagram/UFC)

Antes mesmo de pisar no octógono para enfrentar Ciryl Gane na luta principal do UFC 270, Francis Ngannou chamou a atenção dos fãs por chegar para a luta com proteções nos dois joelhos. Após lutar cinco rounds e unificar os cinturões do Ultimate, o camaronês revelou que seu problema é mais grave do que ele fez parecer.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na coletiva de imprensa realizada após o evento, o campeão dos pesados afirmou que sofreu graves lesões no joelho há menos de um mês.

“Estava bem ruim. Tive uma ruptura de nível 3 no ligamento colateral medial. Também tive danos no ligamento cruzado anterior e no ligamento patelofemoral medial. Isso tudo há 25 dias”, revelou Ngannou.

PUBLICIDADE:

Francis Ngannou, que fez bom uso do wrestling para superar Ciryl Gane, afirmou que precisou fazer usar a posição corporal para compensar as lesões no joelho.

“Aquela perna estava doendo. Eu estava tentando segurar a perna dele com minha perna direita e essa era a perna machucada. Ainda assim consegui tentar usar a posição corporal para chegar lá”, explicou o camaronês.

PUBLICIDADE:

Por fim, perguntado se precisará de cirurgia para as lesões no joelho, Francis Ngannou respondeu positivamente.

PUBLICIDADE:

“Acredito que sim (preciso de cirurgia)”, disse o campeão.

O futuro de Francis Ngannou como campeão do UFC é uma incógnita. Além da provável cirurgia no joelho, o campeão dos pesados se encontra em meio a um conturbado imbróglio contratual no Ultimate e ainda não sabe se continuará na organização.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276