Lyoto reclama de furada de fila de Cormier: ‘Ranking deve ser obedecido’

Ex-campeão acredita que o norte-americano deveria vencer duas lutas como meio-pesado antes de disputar o título

L. Machida vai fazer sua estreia em território brasileiro pelo UFC em agosto. Foto: Josh Hedges/UFC

L. Machida vai fazer sua estreia em território brasileiro pelo UFC em agosto. Foto: Josh Hedges/UFC

O peso pesado Daniel Cormier disse no começo desta semana que pretende pedir uma chance direta para disputar o cinturão da categoria de baixo caso vença Roy Nelson, seu próximo adversário, no UFC 166. Mas a tentativa de “furada de fila” incomodou um dos principais candidatos à posição de desafiante dos meios-pesados, o brasileiro Lyoto Machida.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira para o UFC Rio 4, Lyoto falou sobre o pedido de Cormier. “Acho que existe um ranking que deve ser obedecido”, comentou Machida. “Ele (Cormier) deve fazer pelo menos duas lutas para lutar pelo cinturão (da categoria meio-pesado)”.

O baiano radicado no Pará acha que o UFC não atrapalharia outros lutadores de sua categoria. Lyoto acredita que a organização marcará algum compromisso para Cormier como meio-pesado antes que ele lute pelo cinturão. “Acho que o UFC não vai permitir que ele desça dos pesos pesados e já lute pelo título, porque tem caras que estão esperando por essa chance há um tempo. Eu estou nesta situação, tem o Glover Teixeira chegando com muita força, o próprio Phil Davis… Acho que não é muito por aí”.

Lyoto Machida enfrentará o norte-americano Phil Davis na luta coprincipal do UFC Rio 4, ou UFC 163, evento que será realizado no dia 3 de agosto. Não há uma garantia oficial por parte da organização que uma vitória valerá uma chance para o “Dragão” voltar a disputar o título, mas é provável que ele seja indicado caso saia vencedor no combate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
jose augusto
jose augusto
7 anos atrás

Eu acho que isso que esta acontecendo e uma tremenda de
falta de respeito com outros atletas , porque tem atletas se
preparando a meses ,anos e vem outro e fura a fila .estou ficando
muito triste com as decisoes do presidente do ufc.