Barão relembra conquista do cinturão há um ano: ‘Minha vida mudou muito’

Campeão interino dos galos faz uma retrospectiva e enumera conquistas desde que venceu Urijah Faber

R. Barão relembra a conquista do cinturão em julho do ano passado

R. Barão relembra a conquista do cinturão em julho do ano passado

O peso galo Renan Barão viu sua vida mudar em 2012. Em julho, no UFC 149, ele disputou o cinturão interino da categoria e venceu Urijah Faber por decisão. Desde então, a vida do potiguar mudou.

Fazendo uma retrospectiva dos últimos doze meses, Barão enumera as conquistas desde que se tornou campeão interino. Aliás, a interinidade nem passa pela cabeça do lutador.

“Minha vida mudou muito. Foi a realização de um sonho. Sempre sonhei em ser o melhor, conquistar o mundo. Hoje, posso dizer que sou o campeão da categoria”, afirmou o potiguar.

Barão disse ainda que isso o permitiu investir mais na profissão. “Graças a Deus, posso dizer que vivo exclusivamente do que ganho com o MMA. Posso ajudar minha família, comprei uma casa para minha mãe, que sempre foi um objetivo meu. Minha vida realmente mudou depois que conquistei o título. Posso dividir a minha carreira entre antes e depois do cinturão.”

Depois que venceu Urijah Faber, Barão colocou o título interino em jogo e venceu Michael McDonald, na Inglaterra, em fevereiro. Em setembro, ele tentará ser o primeiro lutador da história do UFC a defender um cinturão interino duas vezes. Para isto, Barão terá que vencer Eddie Wineland na luta coprincipal do UFC 165.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments