Robbie Lawler embolsa o maior pagamento do UFC On FOX 8

Campeão dos moscas leva apenas o quinto maior salário do evento disputado no último sábado

Lawler  (foto) faturou o maior salário do UFC On FOX 8. Foto: Josh Hedges

Lawler (foto) faturou o maior salário do UFC On FOX 8. Foto: Josh Hedges

O meio-médio Robbie Lawler saiu de Seattle com muitos motivos para comemorar. Além do nocaute aplicado em Bobby Voelker, no segundo round, o norte-americano foi também o lutador mais bem pago do UFC On FOX 8, evento realizado no último sábado (27).

Lawler levou para casa uma bolsa de US$156 mil. Metade deste montante (US$78 mil) foi pago como bônus de vitória. Depois de Lawler, o maior salário do evento foi pago a Melvin Guillard. O peso leve embolsou US$84 mil, sendo US$42 mil como bônus por ter vencido Mac Danzig, também por nocaute. No salário de Guillard não entra a bonificação por ter aplicado o melhor nocaute da noite.

Campeão dos moscas desde 2012 e integrante da lista dos dez melhores lutadores peso por peso no ranking do UFC, Demetrious Johnson não goza de tanto prestígio na organização, pelo menos no lado financeiro. Para defender pela segunda vez seu cinturão, o norte-americano recebeu US$58 mil (incluindo US$29 mil pelo bônus de vitória), apenas o quinto maior salário pago no UFC On FOX 8.

Derrotada em sua estreia no UFC, a brasileira Jéssica Andrade recebeu US$8 mil. A norte-americana Liz Carmouche, que venceu a paranaense, ficou com salário de $24 mil (sendo US$12 mil como bônus de vitória).

Veja a lista dos salários oficiais pagos no UFC On FOX 8. As informações foram divulgadas pelo Departamento de Licenciamento do Estado de Washington, responsável pela regulamentação do evento do último sábado.

Demetrious Johnson: US$58 mil (inclui US$29 mil pelo bônus de vitória)
John Moraga: US$17 mil

Rory MacDonald: US$48 mil (inclui US$24 mil pelo bônus de vitória)
Jake Ellenberger: US$52 mil

Robbie Lawler: US$156 mil (inclui US$78 mil pelo bônus de vitória)
Bobby Voelker: US$12 mil

Liz Carmouche: US$24 mil (inclui US$12 mil pelo bônus de vitória)
Jessica Andrade: US$8 mil

Jorge Masvidal: US$66 mil (inclui US$33 mil pelo bônus de vitória)
Michael Chiesa: US$15 mil

Danny Castillo: US$58 mil (inclui US$29 mil pelo bônus de vitória)
Tim Means: US$12 mil

Melvin Guillard: US$84 mil (inclui US$42 mil pelo bônus de vitória)
Mac Danzig: US$30 mil

Daron Cruickshank: US$20 mil (inclui US$10 mil pelo bônus de vitória)
Yves Edwards: US$21 mil

Ed Herman: US$74 mil (inclui US$37 mil pelo bônus de vitória)
Trevor Smith: US$8 mil

Germaine de Randamie: US$18 mil (inclui US$9000 pelo bônus de vitória)
Julie Kedzie: US$9 mil

Justin Salas: US$16 mil (inclui US$8 mil pelo bônus de vitória)
Aaron Riley: US$14 mil

Yaotzin Meza: US$20 mil (inclui US$10 mil pelo bônus de vitória)
John Albert: US$10 mil

Observação: os salários oficiais dos lutadores não incluem deduções de nenhuma espécie, bem como adicionais de patrocinadores, participações em pay-per-view ou qualquer outro pagamento extra oferecido pelos organizadores.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments