Após lesão à la Anderson Silva, Weidman não crava data, mas confirma retorno ao MMA ainda em 2022

Ainda em recuperação da grave fratura sofrida em abril de 2021, ex-campeão dos médios reforça desejo de voltar a lutar

C. Weidman (foto) foi campeão do UFC entre 2013 e 2015. Foto: Reprodução/Instagram @chrisweidman

Ainda em recuperação da grave lesão sofrida em abril de 2021, Chris Weidman está certo de que retornará ao MMA. Depois de ter passado por cirurgias e incontáveis sessões de fisioterapia, o ex-campeão dos médios (até 83,9kg.), não tem pressa, mas garante que subirá no octógono ainda nesta temporada.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Quero lutar antes de fazer 38 anos, em junho. É meu objetivo. Odeio ver a idade avançada quando sou anunciado”, disse o atleta, em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Mesmo focado no retorno depois da fratura semelhante à de Anderson Silva, em 2013, Weidman entende que é um processo longo. Assim, o veterano adota cautela para não voltar antes do tempo necessário.

PUBLICIDADE:

“É uma lesão muito séria. Já passei por muitas. Tive 25 cirurgias, mas esta foi diferente. Há muitos processos. Tenho objetivos de quando irei lutar, mas não vou morrer se atrasar um mês ou dois. Vou voltar em 2022”, garantiu.

Sem lutar há quase um ano, Chris explicou sobre como está a recuperação. Segundo o atleta, ainda há etapas a cumprir antes de se expor a um confronto de MMA.

PUBLICIDADE:

“Minha perna ainda não está onde deveria, onde eu esteja feliz subindo no octógono contra atletas de alto nível e no lugar em que possa ser o melhor. Ainda há um pouco de dor, mas estou me apoiando na outra perna enquanto caminho por aí”, encerrou.

PUBLICIDADE:

A lesão sofrida por Weidman aconteceu no confronto contra Uriah Hall. Curiosamente, Weidman foi o adversário de Anderson quando o brasileiro passou por sua lesão, há quase 10 anos.

À época, Chris tentaria iniciar sua corrida rumo a uma nova disputa de cinturão. O momento do norte-americano, no entanto, não era dos melhores, já que havia perdido em seis das últimas 10 apresentações no UFC.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276