Treinador de Israel Adesanya reconhece que o campeão não impressionou no duelo com Robert Whittaker

Em entrevista ao MMA Fighting, Eugene Bareman admitiu que esperava que o seu atleta fosse mais agressivo mas disse estar feliz com o resultado do confronto

Adesanya cumprimenta Whittaker antes da luta no UFC 271. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Até mesmo a equipe de Israel Adesanya reconheceu que o nigeriano não teve uma atuação ‘de encher os olhos’ no UFC 271. Em entrevista ao MMA Fighting, o treinador do campeão dos médios (até 83,9kg) Eugene Bareman reconheceu que o seu atleta poderia ter sido mais agressivo mas enfatizou que o ‘Stylebender’ fez o seu trabalho de forma convincente.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: IMAGEM FORTE: Atleta de MMA amador ‘racha a cabeça’ ao se chocar contra suporte do ringue

Veja Também

“Eu posso ser tendencioso, mas acho que 4-1 é uma boa avaliação. Há algumas coisas que eu pedi para ele fazer. Você podia ver que ele estava sofrendo com Whittaker esperando tanto e toda a espera estava deixando Adesanya um pouco ansioso para ser agressivo. Pedi para ele lançar o que chamamos de pistas falsas para ver um pouco mais das intenções de Whittaker e, quando realmente quisesse atacar, poderia ser muito mais confiante. Mas, às vezes, você nem sempre consegue traduzir o que está acontecendo no corner. Ele fez isso um pouco, mas não tanto quanto deveria”, disse Eugene.

PUBLICIDADE:

O treinador do campeão admitiu que também esperava uma postura mais agressiva do desafiante, revelou que esperava uma postura melhor de Adesanya mas disse estar feliz com o desempenho do nigeriano de forma geral.

“O que mais nos surpreendeu é que, como achávamos que a luta estava escapando de Whittaker, pensamos que ele arriscaria um pouco mais, mas ele parecia muito satisfeito em não vir tão agressivamente. Não vou dizer que essa foi uma das performances mais marcantes de Adesanya, mas ele fez o trabalho de forma convincente, então estou feliz com isso. Não vou dizer que foi um domínio, porque acho que Adesanya poderia ter feito melhor. Acho que defensivamente ele foi bem, ele poderia ter usado um pouco mais de ataque”, finalizou Bareman.

PUBLICIDADE:

No UFC 271, que aconteceu no último sábado (12), Israel Adesanya derrotou Robert Whittaker novamente, dessa vez na decisão unânime dos juízes. O nigeriano possui um cartel de 22 triunfos e apenas um revés no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276