AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Luke Rockhold sugere luta contra Paulo Borrachinha e provoca: ‘se bater o peso e beber menos vinho’

O ex-campeão dos médios, que não luta desde 2019, vê com bons olhos um duelo contra o brasileiro para retornar ao octógono

L. Rockhold quer enfrentar P. Borrachinha (Foto: Montagem/SUPER LUTAS)

Sem lutar desde que foi nocauteado por Jan Blachowicz, em julho de 2019, Luke Rockhold tem um novo alvo para seu retorno ao octógono: Paulo Borrachinha. Livre da lesão que o tirou do duelo contra Sean Strickland, o ex-campeão dos médios (até 83,9 kg) falou, em entrevista recente ao canal “Submission Radio”, sobre o interesse em enfrentar o brasileiro.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“É uma opção muito viável. Então, assim que os termos se encontrarem, nós podemos ter uma dança”, garantiu Rockhold.

Ao falar sobre Borrachinha, Rockhold relembrou as recentes polêmicas do brasileiro no corte de peso para a luta com Marvin Vettori e no consumo de vinho antes da disputa de cinturão contra Israel Adesanya. O norte-americano garantiu que só enfrentaria Borrachinha caso as regras sejam cumpridas.

PUBLICIDADE:

“Não estou aqui para enfrentar trapaceiros de m****. Então, se o peso for batido, a não ser que muito vinho seja consumido, nunca sabemos. O peso tem que ser batido. Existe muita gente fraca querendo ter vantagens no jogo. Eu perdi, eu me matei para bater peso e fazer as coisas do jeito certo. Não posso dizer o mesmo do restante. Não vou passar por isso de novo. Não vou lutar contra um cara que não bate o peso de propósito para ter vantagens. Temos que jogar limpo. Estamos lutando, não estamos jogando nenhuma outra coisa, então é necessário o jogo limpo. No atual estágio da minha carreira não estou disposto a arriscar nada. Eu faço as coisas certas, sempre fiz as coisas certas e é assim que elas têm que ser feitas”, disse o ex-campeão.

Por fim, o ex-campeão dos médios afirmou que não gosta de Borrachinha, mas acredita que o duelo possa ser divertido para os fãs.

PUBLICIDADE:

“É um cara que eu não gosto, que eu acho que desrespeita o esporte e me motiva a corrigir. É um cara que de algum jeito está lá em cima no ranking, mesmo sem conseguir bater peso. Ele deveria estar ranqueado nos meio-pesados, certo? Eu não ligo para esse cara. Acho que é uma luta divertida. Acho que posso mostrar o caminho da porta para ele. Um cara que quer inventar desculpas sobre vinho e peso, com o rim obviamente afetado, então vamos lá seu f****, vamos saborear isso”, finalizou Rockhold.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276