Beneil Dariush trabalha para tratar grave lesão na fíbula e tenta evitar cirurgia, diz jornalista

Brett Okamoto, da 'ESPN', diz que norte-americano prioriza fisioterapia para se recuperar da fratura

B. Dariush em vitória no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Perto de enfrentar Islam Makhachev no UFC Las Vegas 49, evento que acontece no próximo sábado (26), Beneil Dariush quebrou a fíbula durante sessão de treinamentos e precisou sair do card. No lugar dele, agora, Bobby Green aceitou assumir o protagonismo da noite.

PUBLICIDADE:

Veja Também

E, segundo o jornalista Brett Okamoto da ‘ESPN’, Dariush ainda está avaliando suas opções em relação ao tratamento que receberá para uma fíbula quebrada. Ele tenta evitar uma cirurgia, embora ainda não tenha um planejamento para retorno aos treinos e, consequentemente, ao octógono.

Beneil Dariush visitou quatro médicos por sua fíbula quebrada. Três sugeriram fisioterapia, um aconselhou cirurgia. A partir de agora, ele está tentando evitar a cirurgia. Ainda não há um prazo definido para seu retorno, mas nenhuma cirurgia é uma boa notícia”, escreveu Okamoto em seu ‘Twitter’ oficial.

PUBLICIDADE:

Dariush vem em boa sequência – de sete triunfos em série – e está em terceiro na divisão dos leves (até 70,3kg.), além de ter vencido Tony Ferguson em sua última apresentação, que ocorreu em maio de 2021. Sua última derrota foi para Alexander Hernandez, ainda em março de 2018. O combatente possui um cartel de 21 resultados positivos e quatro negativos.

Recuperação dolorida…

A fíbula é o menor de dois ossos na parte inferior da perna e está localizada entre o tornozelo e joelho. Parte do sistema de apoio, o osso quebrado dificulta a movimentação e se torna um grande empecilho para atletas de alto nível. Além da atenção de um médio, se faz necessária a imobilização da perna por algumas semanas. E, portanto, não há qualquer previsão para a volta de Beneil Dariush.

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano