Técnico de Blindado enxerga favoritismo de pupilo em luta contra Poatan: ‘Eles vão lutar MMA’

André Dida aponta características do aluno que podem ajudar no confronto contra Alex em 12 de março

B. Blindado posa com equipe após vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Contratado pelo Ultimate para ‘assombrar’ Israel Adesanya, Alex Poatan não terá vida fácil, se quiser chegar a uma nova luta contra o campeão dos médios (até 83,9kg.), segundo André Dida. Mestre na ‘Evolução Thai’, o treinador entende os perigos impostos pela lenda do kickboxing, mas acredita que seu pupilo, Bruno Blindado, tem os recursos para impor o primeiro revés do ex-campeão do Glory no UFC. O técnico, então, fala sobre a expectativa para o confronto brasileiro que acontece em 12 de março.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu acredito que o Blindado tem 100% de chances de vencer esse combate porque eles vão lutar MMA. Muitos atletas de kickboxing já foram lutar MMA e não conseguiram chegar longe pela falta de experiência e de entendimento do MMA. Não falo nem do jiu-jítsu, falo do MMA. O Poatan está fazendo seu trabalho, está treinando. Eu vi todos os vídeos de lutas dele (Poatan) antes de entrar no UFC. Realmente, ele não pegou atletas tão experientes como o Blindado pegou. O Blindado veio por um outro caminho. O atleta mais experiente que o Poatan terá enfrentado vai ser o Blindado, então ele vai sentir isso na hora que começar a luta. (…) O Blindado sabe muito bem o jogo”, afirmou Dida, em entrevista ao ‘Combate’.

A análise do técnico não parou por aí. Sabendo que Alex, hoje, tem o suporte de Glover Teixeira e sua equipe, o líder da ‘Evolução Thai’ aposta nas articulações para anular a provável estratégia do ex-campeão do Glory.

PUBLICIDADE:

“O cara pode ter o jiu-jitsu muito melhor, mas a gente sabe fazer o antijogo. O cara pode ter um wrestling muito bom, mas a gente sabe esse antijogo. E o cara pode ter um boxe ou kickboxing muito bom, e a gente também consegue fazer um antijogo”, encerrou.

Em 12 de março, Bruno atingirá a marca de quatro apresentações com as luvas do UFC. Até o momento, o atleta soma três vitórias por nocaute em sequência. Poatan, fará o segundo desafio. O atleta estreou com grande triunfo diante de Andreas Michailidis, na temporada passada.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano