Próximo do ‘acerto de contas’, Colby Covington não esconde o ódio por Jorge Masvidal: ‘Quero mandar esse cara para o inferno’

Na semana em que finalmente irá enfrentar o seu ex-amigo, o 'Chaos' insinuou que foi traído pelo 'Gamebred' e prometeu derrotá-lo no próximo sábado (05)

J. Masvidal e C. Covington se enfrentam no UFC 272. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Está chegando a hora do ‘acerto de contas’. Ex-amigos e parceiros de treinos, Colby Covington e Jorge Masvidal subirão ao octógono no UFC 272 para resolverem as suas diferenças dentro do octógono. Em entrevista ao ‘TMZ Sports‘, o ‘Chaos’ deixou explicíto o seu ódio pelo ‘Gamebred’ e cravou que irá ‘passar por cima’ do seu inimigo no próximo sábado (05).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Esta é uma briga de sangue. Isso remonta a uma irmandade. Ficamos oito anos juntos todos os dias, lado a lado, não podíamos deixar um ao outro, éramos melhores amigos. Agora, somos os maiores inimigos. Ele é a única pessoa na Terra para quem eu não dou a mínima. Toda vez que eu o vejo, quero mandar esse cara direto para o inferno e, felizmente, vou fazer isso no octógono do UFC no próximo sábado à noite no pay-per-view e vai ser pesado. Eu vou fazer ele pagar. Vou fazer com que ele sofra por me apunhalar pelas costas”, disse Covington.

Após ser derrotado pela segunda vez por Kamaru Usman no último mês de novembro, Covington tenta sair do ‘limbo’ que ocupa atualmente na divisão dos meio-médios (até 77,1kg). Desde dezembro de 2015, quando foi finalizado pelo brasileiro Warlley Alves, o norte-americano só saiu do octógono derrotado, quando mediu forças com o campeão nigeriano. No MMA profissional, o norte-americano possui um retrospecto de 16 triunfos e três reveses.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano