Em meio às especulações sobre futuro, Harrison se revolta e desafia Cyborg por luta em academia

Livre no mercado, Kayla envia endereço da 'American Top Team' para Cris e apimenta rivalidade

K. Harrison (esq.) projeta duelo contra C. Cyborg (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

O clima entre Kayla Harrison e Cris Cyborg não é nada amistoso. Duas das principais lutadoras do MMA na atualidade, as atletas vivem se provocando nas redes sociais e, para provar que a tensão existe, a norte-americana desafiou a brasileira por uma luta em sua academia ‘American Top Team’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Ei, Cyborg, me marque se você tem algo a dizer. Estou muito cansada dessa m****. O endereço da ‘American Top Team’ é 5750 SR 7, Coconut Creek, na Flórida. Estou lá seis dias por semana”, escreveu Harrison.

Kayla, inclusive, está livre no mercado e negocia com a PFL, além de ser ‘alvo de desejos’ de UFC e Bellator. Ela já declarou que deseja medir forças contra Cyborg, que, por outro lado, sugere estar atenta às negociações da norte-americana com a empresa de Scott Coker.

PUBLICIDADE:

Kayla Harrison é a grande promessa do MMA na atualidade. A norte-americana se destacou ao ser bicampeã olímpica de judô e também faturou o Grand Prix dos leves (até 70,3kg.) da PFL em duas oportunidades. Em seu cartel, são 11 vitórias e nenhuma derrota.

Cris Cyborg é considerada, por muitos, como uma das melhores lutadoras da história do esporte. Profissional desde 2005, a curitibana já foi campeã de organizações como Invicta FC, Strikeforce, UFC e Bellator, além de ter vitórias contra nomes como Holly Holm, Gina Carano e Julia Budd. Aos 36 anos, ela conta com um cartel de 24 triunfos, dois reveses e uma luta ‘sem resultado’.

PUBLICIDADE:

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276