AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Rafael dos Anjos e Renato Moicano recebem dois meses de suspensão médica após ‘guerra’ no UFC 272

Brasileiros protagonizaram batalha de cinco rounds vencida por Rafael dos Anjos na decisão unânime dos juízes

R. dos Anjos (esq.) bateu R. Moicano em duelo brasileiro no UFC 272. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Apesar de não terem levado para casa o bônus de “Luta da Noite”, é quase consenso que Rafael dos Anjos e Renato Moicano protagonizaram a luta mais empolgante do UFC 272, realizado no último sábado (5). Apesar de ter recebido consideravelmente mais dano durante a batalha de cinco rounds, sendo inclusive levado ao hospital após o duelo, Renato Moicano recebeu suspensão médica idêntica a de Rafael dos Anjos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Os dois brasileiros ficarão “de molho” por 60 dias, sem poder realizar treinos com contato físico pelo período de 45 dias.

Colby Covington e Jorge Masvidal, que fizeram o combate principal do evento e levaram o bônus de “Luta da Noite”, receberam 45 dias de suspensão, sem contato físico por 30 dias. Derrotado, Jorge Masvidal precisa passar também por uma ressonância magnética sem contraste nas próximas duas semanas.

PUBLICIDADE:

Edson Barboza e Alex Cowboy, que foram derrotados respectivamente por Bryce Mitchell e Kevin Holland no card principal do evento, também receberam gancho de 45 dias, sem contato por 30 dias.

Marina Rodriguez, que superou Yan Xiaonan em duelo decisivo na divisão peso palha (até 52,1 kg) no card preliminar, também ficará afastada por 45 dias, sem contato por 30 dias, por conta de uma laceração no supercílio direito.

PUBLICIDADE:

Três atletas do card receberam suspensões de até seis meses: Kennedy Nzechukwu, Jalin Turner e Jamie Mullarkey.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276