Após superar Alex Cowboy, Kevin Holland se oferece para possível luta de despedida de Donald Cerrone

Carrasco de brasileiro no UFC 272, atleta afirma que pode ser batido, o que justifica uma boa escolha para o veterano

K. Holland (dir.) pediu para enfrentar D. Cerrone (esq.) em seu próximo desafio. Foto: Reprodução/Instagram

Vitorioso em sua estreia nos meio-médios (até 77kg.) do Ultimate, Kevin Holland já está de olho em seu próximo compromisso na organização. Carrasco de Alex Cowboy no UFC 272, o atleta desafiou Donald Cerrone e justificou a escolha pelo combatente. Para o ‘falastrão’, seu estilo poderia vender uma boa luta de despedida para o veterano, que tem compromisso marcado para 7 de maio.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu sou um lutador divertido e sou um cara que pode ser derrotado. Perdi o primeiro round contra Alex Oliveira (Cowboy). Sou o tipo de lutador que você pode vencer, então, pedir Donald Cerrone pode não ser um desafio tão improvável”, disse Holland, em entrevista ao ‘The MMA Hour’.

Ciente de que Donald se encaminha para o fim de sua carreira, Kevin se apoiou na situação para reforçar a proposta. Para o antigo representante dos médios (até 83,9kg.), um confronto contra o veterano seria uma boa oportunidade de dar adeus ao MMA.

PUBLICIDADE:

“Sou uma boa luta para se pensar para seu confronto de despedida”, encerrou.

No último fim de semana, Holland realizou seu primeiro embate na divisão até 77kg. Antes de debutar no grupo liderado por Kamaru Usman, o norte-americano amargava três compromissos sem vitória, algo inédito em sua carreira, até então.

PUBLICIDADE:

Xodó da torcida norte-americana, Donald vive momento complicado na carreira. Sem vencer há seis lutas, atleta tem confronto marcado  para 7 de maio, quando encara Joe Lauzon.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano