Moicano diz que não se arrepende de ter enfrentado Dos Anjos e quer luta com Bobby Green

Brasileiro revela ter 'dado o máximo' em combate contra compatriota e projeta nova apresentação de cinco rounds no UFC

R. Moicano (foto) após vitória no UFC. Foto: Reprodução/Instagram @renato_moicano_ufc

Destaque do UFC 272 por ter aceitado enfrentar Rafael dos Anjos, Renato Moicano participou de uma ‘guerra’ de cinco rounds e, apesar da derrota, tirou proveito da situação. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o brasileiro acredita ter provado que pode enfrentar qualquer lutador e ressalta que planeja sempre dar o máximo de seu esforço no octógono.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu odeio desculpas, mas é claro que não estava 100%. Mas, se eu aceitar a luta, sempre acreditarei em mim e que posso vencer qualquer um no UFC. Não me importo muito com a derrota e se eu tenho ou não um campo de treinamento. Mesmo que eu não tenha um campo de treinamento, posso lutar contra qualquer um e vencer qualquer um no mundo”, disse Moicano.

E não para por aí. Apesar de duas lutas em curto espaço de tempo, Renato disse que já vislumbra sua próxima apresentação. Ele revelou que quer enfrentar Bobby Green, na luta principal de evento da organização.

PUBLICIDADE:

“Quero lutar cinco rounds novamente, mas na minha melhor forma, afiado, pronto para atuar e pronto para colocar os fãs aplaudindo e enlouquecendo. Desejo ser conhecido pelos fãs e ganhar dinheiro. Então, o que é melhor do que um evento principal? Eu sinto que isso poderia ser meu bônus se o UFC disser. ‘Evento principal, você contra Bobby Green em uma noite de luta do UFC. Vamos lá'”, concluiu.

Desde março de 2020 na divisão dos leves, Moicano já disputou cinco combates na nova faixa de peso. O brasiliense venceu três duelos e foi derrotado em outras três oportunidades na categoria liderada pelo compatriota Charles Do Bronx. Ele tem um cartel de 16 resultados positivos, cinco negativos e um empate no MMA profissional.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276