Após vitória no UFC 272, Colby Covington decreta o fim da rivalidade com Jorge Masvidal

Provocado pelo seu ex-parceiro de treinos, mesmo após o duelo entre eles, o 'Caos' apenas ignorou e insinuou que carreira do seu rival também chegou ao final

C. Covington (esq.) derrotou J. Masvidal (dir.) no UFC 272. Foto: Reprodução/Instagram

Mesmo após derrotar Jorge Masvidal no UFC 272, Colby Covington seguiu ouvindo provocações do seu mais novo inimigo. Porém, após o acerto de contas no octógono, o ‘Caos’ deixou claro que encerrou a rivalidade com o seu ex-companheiro de equipe e o provocou, dizendo que a sua carreira também está no fim. A declaração foi dada em entrevista ao ‘Submission Radio’.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Carlos Boi se defende das acusações de doping e revela sentimento após demissão do UFC: ‘Injustiçado’

Veja Também

“Quero dizer, para mim acabou, o que esse cara vai fazer? Ele é só conversa. Quero dizer, eu deveria estar em estado crítico. Este é o mesmo cara que disse: ‘Oh, eu vou deixar Colby em estado crítico na segunda-feira’. Ele pode não fazer isso. Então, a única coisa em estado crítico é a carreira de Jorge Masvidal. Não adianta, pessoal. Está oficialmente terminada (a rivalidade). Colocamos a pena no boné. Então, eu não compro nada do que esse cara diz”, disse Colby.

PUBLICIDADE:

Atual número um do ranking dos meio-médios (até 77,1kg), Colby segue como absoluto, atrás apenas do campeão Kamaru Usman, que já o derrotou em duas oportunidades. Profissional de MMA desde 2012, o norte-americano possui um cartel de 17 triunfos e apenas três reveses no esporte.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276