Em meio a troca de farpas, Chimaev afirma ser ‘mais brasileiro’ do que Durinho: ‘Sou de Cantagalo’

Estrela no UFC 273, sueco ‘toma posse’ do local de origem de Alan Finfou, um de seus principais treinadores, para provocar Gilbert

K. Chimaev (foto) enfrenta G. Durinho no UFC 273. Foto: Reprodução/Instagram

Em meio a diversas provocações ocorridas na coletiva de imprensa para o UFC 273, uma chamou atenção. Afiado nas investidas contra Gilbert Durinho, Khamzat Chimaev surpreendeu ao questionar a nacionalidade do brasileiro. Para apimentar ainda mais a rivalidade, o sueco ‘tomou posse’ do local de origem de Alan Finfou, um de seus principais treinadores.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu vou matar esse cara. Tenho uma bomba nas minhas mãos. Não me importa o que vou fazer. Entrarei no octógono e amassarei. Ele (Durinho) nem é do Brasil. Sou mais brasileiro do que ele. Sou de Cantagalo (Rio de Janeiro). Gilbert fala apenas inglês, nem sabe falar português”, disse Chimaev, agitando o público presente na coletiva de imprensa.

Atento à declaração de Khamzat, Durinho optou por brincar com a situação. Em resposta, o niteroiense ironizou a qualidade do inglês falado pelo adversário deste fim de semana.

PUBLICIDADE:

No UFC 273, Chimaev subirá no octógono para o maior compromisso de sua carreira no MMA. Embalado por quatro massacres em sequência, o sueco busca ampliar o bom momento e seguir invicto em sua trajetória na modalidade.

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios (até 77kg.), Gilbert topou o desafio de enfrentar o ‘pupilo de Dana White’. Caso quebre o ‘hype’ do oponente, o brasileiro poderá retomar a condição de desafiante ao título da divisão.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano