Estrela no UFC Vegas 51, Vicente Luque destaca importância de luta contra Belal Muhammad para os meio-médios

Lutador mostra empolgação para revanche contra palestino; brasileiro venceu o primeiro encontro por nocaute, em 2016

V. Luque (esq.) e B. Muhammad (dir.) reeditam luta de 2016 no UFC Las Vegas 51. Foto: Reprodução/Instagram

Estrela do UFC Las Vegas 51, que acontece neste sábado (16), Vicente Luque entende bem a importância de seu confronto contra Belal Muhammad. Presente no confronto que encerra o espetáculo, o brasileiro explicou os motivos que o motivaram a topar o desafio de enfrentar o número cinco no ranking dos meio-médios (até 77kg.). Em entrevista ao ‘BJPenn.com’, o combatente valorizou a revanche.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Estou empolgado para enfrentar Belal. Acho que é uma grande luta. Nós dois estamos no top 5 e com uma sequência de vitórias, então, o combate faz sentido”, afirmou Luque.

Em reedição de um embate realizado em 2016, no qual o brasileiro levou a melhor com um nocaute ainda no primeiro round, Vicente acredita que não terá vida fácil. O atleta, então, analisou o que espera para o reencontro com Muhammad.

PUBLICIDADE:

“Será uma luta importante para a categoria. Mesmo que seja uma revanche, é difícil minimizá-la. Foi uma peleja acertada de última hora, então, não tive um treino específico, e, da mesma forma, Belal não sabia que ia me enfrentar até duas semanas antes da luta. Nós dois sabemos que tenho força para nocauteá-lo, se eu encaixar um golpe, mas é um grande ‘se’. Ele tentará o melhor para me impedir de conectar meu melhor ataque”, encerrou.

Em grande momento na divisão, Luque, hoje, ocupa a quinta posição nos meio-médios, somando quatro vitórias consecutivas. Muhammad vem logo na sequência, em sexto, e soma sete combates sem perder.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano